Como começar um TCC do jeito certo e em menos de 10 minutos

 

Uma das dúvidas mais comuns entre os alunos é sobre como começar o TCC. Alguns deles, na verdade, não sabem nem o que é o TCC. E caso você também não saiba, aqui no blog você encontra um artigo falando exatamente sobre isso.

Como começar um TCC do jeito certo

Nunca comece o TCC dessa forma!

 

Para dar o pontapé inicial, a primeira coisa que você precisa saber é que existem duas formas que NÃO são recomendadas para que você inicie o seu trabalho:

 

      1. Pesquisar Referencial Teórico.

 

“Mas Professor Amilton, foi justamente o que o meu orientador me disse!”

Se após a escolha do tema, o seu orientador pedir para que você encontre tudo que existe sobre o assunto, dê um sorriso amarelo e diz para ele que você vai fazer isso, mas, cá entre nós, não faz.

Procurar referencial teórico para um tema amplo, que ainda não foi delimitado, só vai gerar dois resultados: angústia e desperdício de energia.

Ao fazer isso, você reúne muitas informações, dispersando sua atenção e não conseguindo tratar todas elas. Infelizmente, boa parte dos orientadores usa esse recurso para ficar livre do aluno durante um tempo. E o resultado é uma pesquisa absolutamente improdutiva.

Não faça isso! Não comece o seu trabalho pesquisando referencial teórico. Este é um erro gravíssimo que os alunos cometem e, muitas vezes, estimulados por seus orientadores.

 

      2. Escrever de maneira aleatória. 

 

Outra forma não recomendada para começar o seu TCC: escrever de maneira aleatória qualquer parte que seja do seu conteúdo, principalmente a introdução, ou, pior ainda, o resumo.

Nesse caso, também há orientadores que dizem para o aluno: “agora que você já tem o seu tema, escreva um resumo do seu trabalho”. Mas, como é que você irá escrever um resumo, se você ainda nem fez a pesquisa? Afinal, os principais resultados da pesquisa são uma das partes mais importantes do resumo.

Portanto, não pesquise referencial teórico e não comece escrevendo de maneira aleatória.

 

Então…

Como começar um TCC do jeito certo?

 

O que você precisa fazer para começar o seu TCC do jeito certo é montar o que a gente chama de “Estrutura Básica”.

Não adianta você ter um tema amplo, como: sustentabilidade, medicina preventiva, o lúdico na educação, marketing de relacionamento, estruturas sustentáveis…

Dessa forma, não é possível abordar todas as questões sobre o tema. O que você precisa fazer é:

 

  • Delimitar 

 

Não só defina o seu tema, mas delimite o seu tema. Uma coisa é “Marketing de Relacionamento”, outra coisa é:

“Ferramentas de Marketing de Relacionamento para Promover o Engajamento de Consumidores de Cursos e Graduação à Distância”.

Uma coisa é falar sobre “Estruturas Sustentáveis”, outra coisa é escrever sobre:

“Estruturas Sustentáveis e seus Impactos no Orçamento das Obras”.

Percebe a diferença? 😉

No meu canal do Youtube tem alguns vídeos em que eu falo especificamente sobre delimitação de tema.

 

  • Montar uma estrutura que relaciona variáveis 

 

Busque sempre relacionar variáveis no seu tema delimitado. Exemplo: “Marketing de relacionamento + engajamento dos consumidores”, “estruturas sustentáveis + custo da obra”, “brincadeiras e jogos + otimização do processo de aprendizagem”.

Depois que você tem o seu tema delimitado e suas variáveis, você pode construir problema de pesquisa, objetivo geral e objetivos específicos.

 

Problema de Pesquisa

 

O seu problema de pesquisa é uma pergunta feita ao seu tema delimitado. Logo, se o seu tema delimitado é “Marketing de Relacionamento e o Processo de Engajamento de Consumidores”, o seu problema de pesquisa será “Quais os principais impactos do Marketing de Relacionamento no Processo de Engajamento dos Consumidores?”

Uma vez que você tem essa pergunta, ela passa a ser o seu foco de pesquisa.

 

Objetivo Geral

 

Vemos muitos alunos sem conseguir encontrar o seu objetivo geral, mesmo depois de terem definido o seu problema de pesquisa há mais de um mês! Isso só acontece porque a maioria dos orientadores não trabalham sem drama…

Se você tem um problema de pesquisa, você já tem um objetivo geral! 

Vamos pensar no tema exemplificado neste artigo:

“Quais os impactos do Marketing de Relacionamento no Engajamento dos Consumidores?”.

Para ter o seu objetivo geral, basta colocar um verbo na frente e tirar a interrogação:

“Analisar os principais impactos das ferramentas de marketing de relacionamento no engajamento dos consumidores”.

 

Objetivos Específicos

 

Os objetivos específicos, baseados em conceito e técnica, serão etapas para você alcançar o seu objetivo geral. No TCC Sem Drama, recomendo aos meus alunos que eles tenham de três a quatro objetivos específicos, sendo, por exemplo, dois deles conceituais e dois técnicos. Ambos devem estar ligados a seu objetivo geral e problema de pesquisa.

Adaptando a técnica à nossa pesquisa “Marketing de Relacionamento no Engajamento de Consumidores”, devemos:

 

  • Conceituar Marketing de Relacionamento;
  • Conceituar Engajamento dos Consumidores.

 

Afinal, esses são os dois fatores críticos e conceitos-chave do tema.

Logo, os dois primeiros objetivos seriam apresentar e explicar ao seu leitor o que é Marketing de Relacionamento e Engajamento dos Consumidores.

Os outros dois objetivos podem ser direcionados ao seu problema de pesquisa:

– Analisar as principais ferramentas de marketing de relacionamento;

– Relacionar as ferramentas de marketing de relacionamento aos resultados de engajamento (seja para um produto específico ou para uma área específica).

 

Por que começar pela Estrutura Básica?

 

Não é possível trabalhar com tema amplo, pois, como vimos anteriormente, o problema de pesquisa é uma pergunta feita ao tema delimitado; e o objetivo geral é o seu problema de pesquisa com um verbo no início.

Isso responde uma pergunta extremamente crítica e importante para o seu trabalho: o que escrever no seu desenvolvimento? O que escrever nos seus capítulos?

Quando você tem os seus objetivos específicos, isso está resolvido! Pois nos seus capítulos você vai desenvolver esses objetivos específicos. Inclusive você pode ter um capítulo para cada um dos objetivos.

Logo, se você tem por exemplo: “conceituar marketing de relacionamento”, o seu capítulo será “marketing de relacionamento”; “Conceituar engajamento dos consumidores”, capítulo: “engajamento dos consumidores”;  “Analisar as principais ferramentas do marketing de relacionamento”, capítulo: “ferramentas do marketing de relacionamento”… enfim, esses seriam os seus capítulos.

 

A estrutura básica te dá a noção exata de como desenvolver o seu conteúdo, inclusive o seu roteiro de capítulos. Isso acelera muito a sua produção, além de te dar confiança, porque coloca na sua cabeça uma estrutura que você começa a entender de maneira lógica. 

 

E assim, você começa a trocar sofrimento, angústia e medo por confiança, certeza e segurança.

Troca dúvidas por respostas e sofrimento por resultados, assim como fazem os nossos alunos no TCC Sem Drama.

Para saber mais sobre como começar o TCC do jeito certo, confira agora mesmo o nosso material: Guia Definitivo do TCC

O que é o TCC? | Veja por onde começar

Saiba o que é TCC e qual o primeiro passo para atingir a nota 10!

 

Pode parecer meio tola uma explicação sobre o que é o TCC, mas, acredite, não é.

Eu te digo isso porque, ao longo dos dez últimos anos, descobri que a maioria dos alunos que chegam ao meu treinamento não tem ideia do que é um TCC.

O que é o TCC?

No TCC Sem Drama, temos diferentes tipos de alunos, alguns totalmente perdidos e sem nem saber por onde começar. Muitas vezes, sem ao menos ter a noção do que é o TCC, alimentando versões nas suas cabeças, muitas vezes distorcidas. Versões que, geralmente, trazem um terror desnecessário.

Também temos aqueles alunos que trabalham em uma parte específica do TCC, e outros que até já produziram boa parte do trabalho, mas ainda precisam revisar o que fizeram.

A grande questão é que a maioria dos alunos é justamente desse tipo que não tem ideia do que fazer, pois estão absolutamente perdidos, travados. E, por conta disso, ficam angustiados e não conseguem produzir.

Muitas vezes, esses alunos não saem do lugar porque não têm, na sua instituição ou no seu orientador, o amparo necessário, direcionado para que eles realmente possam trocar o sofrimento por produtividade.

 

O que você precisa saber sobre o seu trabalho acadêmico

 

Alunos que não sabem sequer o que é um TCC, acabam escutando versões muito complexas, com muita pompa acadêmica, quando recorrem a seus professores, orientadores ou à instituição em que estudam:

“Ah, o TCC é um trabalho de caráter acadêmico científico voltado para pesquisa e solução de uma questão específica, dentro de uma metodologia…”  Não! O aluno não precisa saber disso! 

O que ele precisa saber é o que ele vai ter que fazer no seu trabalho. E, principalmente, como ele vai fazer.

Vou esclarecer para você o que é um TCC, de maneira muito simples e direcionada, para que não fique nenhuma dúvida, como: ‘”Prof. Amilton, lá na minha instituição não tem TCC, eu vou fazer uma monografia”.

Você vai sim fazer um TCC. Porque, na verdade, TCC é um nome genérico que significa Trabalho de Conclusão de Curso. Não, não é “Tormento de Conclusão de Curso”!

O TCC não é esse monstro que surgiu das trevas para atrasar sua vida, para te atrapalhar, para te fazer sentir mal ou para tomar todo o seu tempo livre. Aliás, os alunos do TCC Sem Drama produzem seus trabalhos em uma média de 27 dias e não abrem mão de todo o seu tempo para isso.

O seu trabalho pode ser muito mais simples do que as pessoas acreditam.

 

O primeiro passo para um TCC mais simples

 

Antes de qualquer coisa, é preciso entender que o seu trabalho acadêmico pode sim ser mais simples. Se você acredita que algo vai ser difícil, você convence o seu cérebro disso. E é aí que tudo fica muito mais difícil mesmo.

O Trabalho de Conclusão de Curso é um nome dado a qualquer trabalho avaliativo que encerra um ciclo. Seja ele sua graduação, pós-graduação, sua especialização, seu mestrado ou doutorado. Para se formar, você precisa fazer um TCC.

Este trabalho assume nomes diferentes, por exemplo: no mestrado, a gente tem a dissertação; no doutorado, temos a tese; na graduação, na pós ou nas especializações, podemos ter artigo ou monografia. Isso acontece porque o TCC é um nome genérico que se refere a qualquer trabalho de conclusão. Inclusive, algumas instituições criam nomes próprios, como: TGA, TFG, entre outros.

 

Existe um modelo pronto de TCC?

 

Tecnicamente falando, não existe um modelo que seja o TCC. Em toda instituição, ele assume uma forma. Podendo este ser um artigo, uma monografia, um relatório de pesquisa, um estudo de caso… A sua instituição precisa escolher um modelo, e dentro daquele modelo, você desenvolve o seu Trabalho de Conclusão de Curso.

A boa notícia é que todos esses trabalhos têm uma estrutura absolutamente comum, que é a divisão em três partes distintas:

 

  1. Introdução (com elementos específicos);
  2. Desenvolvimento (com a sua divisão de capítulos e seções);
  3. Conclusão.

 

A estrutura científica se mantém em todos esses tipos de trabalhos, com alguns pequenos ajustes para cada um deles. Mas, a estrutura científica básica é a mesma.

É por isso que, no TCC Sem Drama, a gente orienta alunos que fazem todos os tipos de trabalho, em todas as áreas de conhecimento e em todos os cursos. Se você vai fazer um artigo, uma monografia, um relatório de pesquisa… sim, você vai fazer um TCC.

 

Espero que tenha ficado claro para você  “O que é o TCC”.

E se você quiser fazer de um jeito fácil, conte com a gente. Acesse a nossa página oficial tccsemdrama.com.br

Eu te vejo por aqui, do Lado dos Aprovados.