3 Exemplos de Fundamentação Teórica para usar no seu TCC

Que tal 3 exemplos de Fundamentação Teórica que te mostram um caminho simples para vencer essa etapa do seu TCC?

exemplos de fundamentação teórica para o seu tcc

Acho que o sonho de 10 entre 10 alunos que precisam fazer um TCC (um artigo, monografia, relatório de pesquisa, ou qualquer outro modelo de trabalho) é acordar um dia e ver que a sua fundamentação teórica simplesmente ficou pronta! Assim, tipo milagre mesmo! Pois é… isso não vai acontecer… Desculpa ser o portador dessa notícia.

Mas, se a sua Fundamentação Teórica não vai simplesmente surgir por combustão instantânea, isso não quer dizer que não existam técnicas para você construir essa parte tão temida do seu TCC de uma forma mais rápida, mais fácil e com menos sacrifício. É… eu não posso prometer milagres, mas eu posso te mostrar um caminho, com base em 3 exemplos de Fundamentação Teórica, que vão deixar essa parte do seu trabalho muito menos assustadora e muito mais suave. Duvida? Continua comigo, então.

Na verdade, o que eu vou te mostrar neste artigo não são exatamente 3 exemplos de Fundamentação Teórica diferentes, mas sim, 3 passos, em forma de exemplos, que vão te mostrar como deixar a sua Fundamentação Teórica pronta em menos tempo e com mais segurança e tranquilidade. Vai funcionar mais ou menos assim: eu vou te revelar uma sequência de 3 técnicas poderosas e vou apresentar um exemplo para cada uma das técnicas, para facilitar a sua vida.

Mas, antes das técnicas, eu preciso esclarecer alguns pontos. Por exemplo, se neste exato momento você está pensando: “Este artigo não serve para mim, afinal o meu professor me pediu um referencial teórico.” OPA! Para tudo! Primeiro ponto a esclarecer: FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA E REFERENCIAL TEÓRICO SÃO A MESMA COISA!

É que alguns orientadores e instituições preferem falar referencial teórico, enquanto outros optam por fundamentação teórica. Dá na mesma! Com um nome ou outro, nós estamos falando daquela parte do seu TCC em que você vai apresentar os conceitos centrais da sua pesquisa. Com um detalhe: você vai apresentar os conceitos centrais da sua pesquisa com base no que outros autores dizem.

Para resumir e deixar bem claro: Fundamentação Teórica ou Referencial Teórico é apresentar os conceitos centrais do seu TCC com base no que outros autores dizem e escrevem sobre o assunto.

Not pessoal: não é o que você pensa sobre os conceitos, mas o que autores renomados e reconhecidos pensam. E não é que o que você pensa não tenha valor… tá bom, eu sei que o seu orientador faz questão de deixar transparecer que a sua opinião não vale nada… beijo para o recalque dele!… a questão é que tomar com base outros autores e o que foi escrito antes sobre os conceitos centrais do seu trabalho é a essência de uma produção científica. Você pode até não concordar, mas não dá pra mudar isso do dia para a noite. Então, ao invés de sentar e chorar, vamos nos adaptar!

Retomando… segundo ponto a esclarecer: SIM! TODOS OS TIPOS DE TCC OU MESMO PROJETOS E PRÉ-PROJETOS DE PESQUISA PRECISAM DE UMA FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA!

Desculpa também ser o portador dessa notícia, mas não dá pra correr ou fugir.

Todos os trabalhos acadêmicos e científicos tem uma estrutura básica: um tema, um problema de pesquisa, objetivos, introdução e, adivinha só, uma Fundamentação Teórica ou Referencial Teórico. E aqui no blog mesmo eu já te mostrei Como Pesquisar Referencial Teórico e ainda economizar tempo. Mas a questão neste artigo não é pesquisar referencial e sim montar o texto do seu Referencial Teórico ou Fundamentação Teórica. E nós já vamos chegar nos Exemplos de Fundamentação Teórica. Calma aí!

Antes disso, mais um ponto a esclarecer, o terceiro e último: ONDE A FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA VAI APARECER EM UM ARTIGO CIENTÍFICO OU MONOGRAFIA?

Geralmente, as instituições exigem um capítulo específico de referencial ou fundamentação teórica, que vem logo depois da Introdução do trabalho. Mas eu disse geralmente! Porque algumas instituições de ensino não exigem um capítulo específico com o Título Fundamentação Teórica ou Referencial Teórico. Que maravilha! Então, não tem fundamentação teórica?! Menos aí na empolgação, meu caro. O que dizia o nosso segundo ponto esclarecedor? Recapitulando: SIM! TODOS OS TIPOS DE TCC OU MESMO PROJETOS E PRÉ-PROJETOS DE PESQUISA PRECISAM DE UMA FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA!

Mas se não tem um capítulo para isso, como é que a Fundamentação Teórica aparece? Disfarçada. Em um capítulo que tem como título o conceito central do seu trabalho, por exemplo, e onde você vai apresentar diferentes abordagens, de diferentes autores, para explicar e analisar esse conceito. Acho que isso vai ficar mais claro nos 3 Exemplos de Fundamentação Teórica, então, vamos a eles.

3 EXEMPLOS DE FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA – PASSO 1: identifique o seu conceito ou conceitos centrais.

Como você identifica o conceito central do seu TCC? Olhando o seu tema, problema de pesquisa e objetivos. Eu vivo dizendo aos alunos que a parte mais importante de um TCC é a montagem da Estrutura Básica. Se você ainda não entendeu isso, recomendo que dê uma olhada neste outro artigo do blog: Como Fazer TCC Rápido, Fácil e com Qualidade. Ah! Este outro artigo também pode te ajudar muito: Como Montar o seu TCC em 7 Passos. A estrutura básica de um TCC é o conjunto formado pelo tema, problema de pesquisa e objetivos geral e específicos. E é esse conjunto que vai deixar claro para você que conceitos centrais ou conceito central você deverá trabalhar na sua Fundamentação Teórica. Para ficar claro e cristalino, vamos ao Exemplo!

Para ninguém dizer que eu usei mais um exemplo da minha área de conhecimento (Administração/Marketing), vou usar o tema que um aluno do Treinamento Online do TCC Sem Drama me mandou recentemente e que eu achei bem interessante. Lembre-se, o importante aqui não é se o tema é igual, semelhante ou diferente do tema do seu TCC. O importante é entender a técnica e aplicar ao seu conteúdo. Então, vamos lá.

Digamos que o tema do nosso TCC é: novas mídias e o processo de aprendizagem. Acontece que, se você acompanha os nossos conteúdos, você sabe que o tema é apenas um ponto de partida. E não adianta nem mesmo pesquisar referencial teórico, quanto mais tentar montar a fundamentação teórica apenas com o tema nas mãos. Nós precisamos de mais! Nós precisamos de uma estrutura básica. E se você ainda tem dúvidas com relação a esse aspecto, veja: Como Montar o seu TCC em 7 Passos.

Como o foco aqui não é explicar como montar a estrutura básica, vamos partir de uma pronta:

Tema: novas mídias e o processo de aprendizagem. Problema de pesquisa: quais os principais impactos da utilização das novas mídias no processo de aprendizagem em contexto escolar? Objetivo Geral: identificar os principais impactos da utilização das novas mídias no processo de aprendizagem em contexto escolar. Objetivos específicos: conceituar novas mídias; conceituar processo de aprendizagem; analisar os impactos das novas mídias no processo de aprendizagem dos alunos do ensino médio.

Outra coisa que eu costumo repetir muito para os meus mais de 8.700 (número de estudantes que já usaram as técnicas do Treinamento TCC Sem Drama e foram aprovados) é: bons problemas de pesquisa são aqueles que relacionam variáveis ou conceitos. No caso do nosso exemplo, quais são as variáveis ou conceitos relacionados?

Isso mesmo! NOVAS MÍDIAS e PROCESSO DE APRENDIZAGEM.

O quê? Você não tinha percebido isso. Tudo bem, vamos esclarecer. O nosso problema de pesquisa quer saber: como as novas mídias afetam a aprendizagem dos alunos. Portanto, nós vamos relacionar novas mídias e aprendizagem! Simples assim.

Fica óbvio, então, que os conceitos centrais do nosso TCC são NOVAS MÍDIAS e PROCESSO DE APRENDIZAGEM. Portanto, para identificar os seus conceitos centrais, veja quais são os itens ou variáveis que aparecem como essência do seu problema de pesquisa ou do seu objetivo geral.

No caso do nosso exemplo, o próprio tema já escancara os conceitos centrais, mas, nem sempre é assim. Você pode se deparar, por exemplo, com uma monografia cujo tema é inclusão escolar, ou sustentabilidade, e isso não diz muita coisa, mas, ao ler o problema de pesquisa, você nota que a monografia quer investigar métodos didáticos para a inclusão escolar, ou empreendedorismo sustentável e geração de empregos.

Se você vê apenas o tema – inclusão escolar -, não identifica que os Métodos Didáticos também representam um conceito central. E se você vê apenas o termo sustentabilidade, não identifica que os conceitos centrais são Empreendedorismo sustentável e Geração de Empregos.

Agora, A PERGUNTA DO MILHÃO: adianta começar a mostrar para o leitor do seu TCC como as novas mídias influenciam a aprendizagem, se esse leitor não sabe o que são novas mídias e o que é aprendizagem?

Da mesma forma: adianta explicar como alguns métodos didáticos promovem inclusão escolar, se o leitor do seu trabalho não tem a mínima ideia do que é um método didático e do que vem a ser inclusão escolar? Adianta mostrar ao leitor como o empreendedorismo sustentável gera emprego, se ele não sabe nem o que raios é empreendedorismo? (Opa, foram 3 exemplos de Fundamentação Teórica dentro do item Identificar os Conceitos Centrais! Considere um Bônus!)

E a resposta para A PERGUNTA DO MILHÃO: claro que NÃO! Não adianta relacionar conceitos que o seu leitor não conhece. Ele vai ficar mais perdido do que cebola em salada de fruta.

Então… olha só! É para isso que a Fundamentação Teórica serve. Para explicar os assuntos centrais que serão tratados ao longo do seu TCC. Mas explicar com base no que você pensa ou acha? Claro que não! Explicar com base no que outros autores já estudaram e produziram sobre o assunto.

Agora que você já sabe como identificar o conceito ou conceitos centrais do seu TCC, vamos à montagem do conteúdo da sua Fundamentação Teórica.

3 EXEMPLOS DE FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA – PASSO 2: monte o seu roteiro.

Quer produzir um texto de TCC com segurança, tranquilidade e produtividade? Faça um ROTEIRO! E isso vale para todos os capítulos do trabalho. Portanto, também vale para os exemplos de Fundamentação Teórica.

Montar um roteiro é criar uma estrutura de tópicos para o desenvolvimento do seu texto e, no caso da Fundamentação ou Referencial Teórico, tem um modelo quase padronizado de roteiro que funciona 99,9% das vezes.

E até hoje, só os alunos do Curso Online do TCC Sem Drama conheciam esse modelo. Mas, como eles já tem acesso a muitas outras técnicas poderosas que não dá para mostrar aqui no Blog, eu vou Revelar esse Roteiro Padrão. Fica ligado!

Roteiro para sua Fundamentação Teórica:

  • Histórico do conceito/conceitos centrais;
  • Apresentação de abordagens de diferentes autores;
  • Análise comparativa dos autores.

Calma! Não se descabele. Eu sei que ainda está confuso, mas é porque eu ainda não expliquei o roteiro. Então, vamos lá. E eu vou explicar o roteiro recorrendo ao nosso exemplo: NOVAS MÍDIAS e PROCESSO DE APRENDIZAGEM.

Exemplos de Fundamentação Teórica – roteiro padrão para os conceitos centrais NOVAS MÍDIAS e APRENDIZAGEM:

  • Histórico do conceito/conceitos centrais – neste tópico, a gente conta a história das Novas Mídias: como surgiram, como se desenvolveram, como se transformaram ao longo do tempo e como chegam ao contexto atual.
  • Apresentação de abordagens de diferentes autores – neste tópico, a gente conceitua, ou seja, define novas mídias, com base em citações de diferentes autores, com abordagens semelhantes, complementares ou mesmo divergentes.
  • Análise comparativa dos autores – neste tópico, a gente compara os diferentes conceitos e abordagens dos autores citados no tópico anterior.

“Mas, Amilton, e o processo de Aprendizagem?” É só seguir o mesmo roteiro:

  • Histórico do processo de aprendizagem;
  • Apresentação de conceitos e abordagens de diferentes autores sobre o processo de aprendizagem;
  • Análise comparativa dos conceitos e abordagens dos autores citados no tópico anterior.

E eu aposto que você quer ver esse roteiro aplicado. Na prática mesmo, não é?! Então, vamos lá!

3 EXEMPLOS DE FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA – PASSO 3: escreva a sua Fundamentação Teórica com base no seu roteiro.

Para mostrar como é prático montar uma fundamentação teórica com base em um bom roteiro, eu vou produzir um texto agora, de improviso, com autores e conteúdos fictícios, até para que eu não tenha que seguir o rigor de uma pesquisa de referencial sobre um assunto que eu não domino (novas mídias e aprendizagem). Lembre-se de que, no caso do seu TCC, quando você for construir a sua Fundamentação Teórica, você já fez a sua pesquisa de referencial teórico, e se você tem dificuldades em fazer a pesquisa, veja: Como pesquisar Referencial Teórico e ainda Economizar Tempo.

Ah! Outra coisa, é claro que aqui eu vou produzir apenas um trecho de texto e não um referencial inteiro. A ideia é te mostrar a estrutura de argumentos ordenados em uma Fundamentação Teórica. Mas pode ficar sossegado, porque em um TCC completo, você deverá apenas reproduzir a estrutura do nosso exemplo. Você só vai precisar adaptar ao seu conteúdo e, obviamente, usar um volume maior de citações e referenciais. O recomendado é que você utiliza de 5 a 7 autores diferentes para cada conceito central da sua Fundamentação Teórica, ok? No nosso exemplo, eu vou usar três autores.

3 EXEMPLOS DE FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA – PASSO 4: estrutura de argumentação segundo roteiro abaixo:

  • Histórico do conceito/conceitos centrais – neste tópico, a gente conta a história das Novas Mídias: como surgiram, como se desenvolveram, como se transformaram ao longo do tempo e como chegam ao contexto atual.
  • Apresentação de abordagens de diferentes autores – neste tópico, a gente conceitua, ou seja, define novas mídias, com base em citações de diferentes autores, com abordagens semelhantes, complementares ou mesmo divergentes.
  • Análise comparativa dos autores – neste tópico, a gente compara os diferentes conceitos e abordagens dos autores citados no tópico anterior.

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA (REFERENCIAL TEÓRICO)

As mídias tradicionais ( mídia impressa, rádio e TV) já ocupam lugar significativo em nossas vidas há várias décadas. Como ferramentas de transmissão de informação e entretenimento e, sobretudo, como veículos de divulgação de produtos e serviços, as mídias tradicionais exercem influência direta no comportamento dos cidadãos e consumidores. Mas, no mundo contemporâneo, estamos também expostos a novos modelos de comunicação, marcados pelo surgimento das novas mídias. Segundo Quintela (2016), as novas mídias são um resultado direto da associação das mídias tradicionais à internet. Assim, elas surgem quando as tecnologias informacionais se unem aos métodos de comunicação e se propagam a partir da força da internet como veículo de transmissão de informações em tempo real, de geração de conteúdos e de formação de opiniões (GONÇALVES, 2015). Às opiniões de Quintela (2016) e Gonçalves (2015) associa-se a reflexão de Santos (2017), que coloca como forças propagadoras das novas mídias a velocidade de transmissão de informações e a possibilidade de interação entre as pessoas e os conteúdos. “As novas gerações não querem apenas ver um comercial, querem interagir com a sua marca, produto ou conteúdo preferido.” (SANTOS, 2017, p. 232) Com base nas opiniões dos autores, é possível entender porque as novas mídias ocupam espaço central na vida dos jovens em um mundo pós-moderno e como representam elemento que não pode mais ser ignorado na composição dos processos de aprendizagem humana. (Viu?! Aí está o Histórico do Conceito de Novas Mídias! O primeiro tópico do roteiro montado para a nossa fundamentação teórica. Surgimento, evolução e presença atual das novas mídias e, no final, eu ainda fiz um link com o processo de aprendizagem! É claro que, em uma fundamentação teórica completa, nós usaríamos mais texto e autores, mas a estrutura de argumentação seria a mesma!)

Como visto anteriormente, é impossível negar a importância das novas mídias como elemento central nos processos de comunicação e aprendizagem no contexto social pós-moderno. (Sempre que você for mudar de um tópico do seu roteiro para outro, faça uma TRANSIÇÃO, ou seja, ligue o conteúdo que está por vir ao que você já disse, como eu acabei de fazer antes deste parêntese.) Mas, em termos conceituais, o que são exatamente novas mídias? Soares (2001) conceitua as novas mídias, de forma básica, como um termo genérico para designar qualquer mídia não tradicional, equiparando-as a um novo meio de comunicação. Para Sathler (2002), o conceito é mais profundo, e as novas mídias são os meios de comunicação que reúnem a tecnologia (informacional e da informática) às mídias. Ou seja, uma união entre “informática e comunicação” (SATHLER, 2002). Santos (2017) complementa os conceitos anteriores adicionando a interação entre o público (alvo da comunicação) e os conteúdos (insumo da comunicação) em um processo acelerado de troca de informações como característica básica das novas mídias.

Para os autores já citados, a internet é o fio condutor das novas mídias, possibilitando a troca de informações e a interação entre públicos e conteúdos através de e-mails, redes sociais e do marketing digital. Entretanto, para Silva (2010), é preciso destacar o caráter transitório do conceito de novas mídias. Para este autor, a internet, por exemplo, foi, durante um período, uma nova forma de comunicação que associava tecnologia e mídia, mas, no contexto atual, já pode ser classificada apenas como uma mídia (e não mais nova mídia), pois já não é um veículo de informações que foge dos meios tradicionais, mas sim uma plataforma de comunicação já arraigada aos hábitos das pessoas e grupos sociais. (Viu?! Aí está a apresentação das abordagens de diferentes autores! O segundo tópico do roteiro montado para a nossa fundamentação teórica. Não custa lembrar: em uma fundamentação teórica completa, nós usaríamos mais texto e autores, mas a estrutura de argumentação seria a mesma!)

Com base nas diferentes abordagens conceituais sobre novas mídias, é possível notar semelhanças e diferenças nas reflexões dos autores que se debruçam sobre esse tema. (Viu a TRANSIÇÃO?!) A maior parte dos autores que se dedicam a estudar as novas mídias concordam que elas são novas plataformas de condução de informações e conteúdos que fogem das chamadas mídias tradicionais e que associam tecnologia e comunicação. Assim, a internet e sua capacidade de geração rápida de conteúdo e de promoção de interação entre público e mensagem, seria o maior exemplo de uma nova mídia. Incluindo os seus, digamos, subprodutos, como as redes sociais, por exemplo. Soares (2001), Sathler (2002) e Santos (2017) seguem essa linha de argumentação. Entretanto, não se pode deixar de registrar que alguns autores, como Silva (2010), não percebem a internet como um modelo de nova mídia, uma vez que ela já alcançou um patamar de representatividade tão significativo em nosso contexto social, que não mais permite que os seus mecanismos de comunicação (e-mail e redes sociais, por exemplo) sejam classificados como novos meios de comunicação.(Viu?! Aí está a análise comparativa das abordagens de diferentes autores! O terceiro tópico do roteiro montado para a nossa fundamentação teórica.)

E por que não, para arrematar, já criar um link entre o conceito central de novas mídias e os conceitos de aprendizagem? Veja isso:

Mesmo que se considerem as eventuais divergências de conceitos, o fato é que não é mais possível desconsiderar as novas mídias como elementos que ocupam lugar de destaque na dinâmica de aprendizagem de jovens e adolescentes. Assim… (e aqui teria início a estrutura de roteiro – histórico, conceitos e análise comparativa – para o processo de aprendizagem, nosso outro conceito central!)

Eu dou aula em cursos de graduação e pós-graduação há mais de 8 anos. Oriento trabalhos de conclusão de curso ao longo desse mesmo período. Em função do Treinamento Online do TCC Sem Drama, orientei milhares de alunos nos últimos 4 anos. Respondo cerca de 90 e-mails por dia e vejo centenas de exemplos de fundamentação teórica em um única semana. E posso te dizer com toda a segurança. Nunca vi sequer um texto que seguisse a estrutura do exemplo que eu acabei de te passar ser reprovado. Todos foram Aprovados!

Eu espero que os nossos exemplos de Fundamentação Teórica (ou referencial teórico) tenham sido úteis para você. E, se eu pude te ajudar, deixa aí o seu COMENTÁRIO. Você também pode Tirar suas Dúvidas no box que está abaixo do artigo nesta mesma página. Fique à vontade! Eu vou adorar trocar ideias com você.

Você acabou de aprender um pouco mais sobre Fundamentação Teórica. Agora, se você quer ter acesso ao conteúdo completo do nosso Treinamento Online e quer conhecer o método que já ajudou mais de 8.500 alunos no Brasil e fora do país a terem os seus trabalhos aprovados, veja ESTE VÍDEO AGORA.

Eu não sei por quanto tempo esse vídeo vai estar no ar, então, eu te aconselho a clicar aqui agora, porque, em breve, nossas vagas estarão todas preenchidas e eu vou ter que fechar essa página.

Abraços.

Amilton Quintela

212 comentários em “3 Exemplos de Fundamentação Teórica para usar no seu TCC”

  1. Ótimo conteúdo.
    Gostaria de saber como eu faço o referencial teórico no pré projeto, já que é só um escopo do que eu vou fazer no tcc.

    Responder
  2. Olá, Eryka. Obrigado pelo elogio. Faça o referencial do seu pré-projeto da forma mais completa possível, porque, essa parte específica, você pode aproveitar quase que completamente no trabalho final! Abraços. Professor Amilton Quintela

    Responder
  3. Ótimo,perfeito!Acabei com qualquer dúvida que tinha a respeito do desenvolvimento. Muito Obrigada, você esta de parabéns Amilton!!!!!!

    Responder
    • Valeu, Nara! Muito bom saber que o conteúdo tirou mesmo todas as suas dúvidas. Estamos juntos. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  4. Adorei, super facilitou, irei começar o meu agora ,vou fazer e ficar sempre olhando esse exemplo .
    obrigada ..

    Responder
  5. ola boa noite,estou nessa parte de fundamentação teórica e estou completamente perdida pois não achei muitos artigos a respeito do tema que escolhi para meu trabalho,e a maioria dos que achei estão em inglês,como já entreguei o tema n tenho mais como mudar,estou desesperada ! o que faço?

    Responder
    • Analú,

      Primeiro, veja este vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=t-3ouNQgdvI&t=2s, para usar essa técnica e ver se você consegue encontrar mais referenciais. Em segundo lugar (e se alguém te perguntar se fui eu quem te disse isso, eu nego!), use o Google Translator nos textos em Inglês que você encontrou. A maioria dos orientadores torce o nariz e jamais indicaria tal prática, mas, numa boa, eles nem precisam saber, e, por experiência, posso te dizer que dificilmente o programa de tradução do Google distorce o conteúdo original do texto. Eu leio textos em Inglês e já fiz testes com a ferramenta. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
    • Analú,

      Primeiro, veja este vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=t-3ouNQgdvI&t=2s, para usar essa técnica e ver se você consegue encontrar mais referenciais. Em segundo lugar (e se alguém te perguntar se fui eu quem te disse isso, eu nego!), use o Google Translator nos textos em Inglês que você encontrou. A maioria dos orientadores torce o nariz e jamais indicaria tal prática, mas, numa boa, eles nem precisam saber, e, por experiência, posso te dizer que dificilmente o programa de tradução do Google distorce o conteúdo original do texto. Eu leio textos em Inglês e já fiz testes com a ferramenta. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  6. Primeiramente parabéns pela dedicação em ajudar todos nós alunos que passam por dificuldades na elaboração do TCC. Assisti alguns videos seus no youtube e me deu um grande suporte para iniciar meu TCC. Agora continuando minhas pesquisas, me deparo com este blog muito esclarecedor. Agradeço muito sua ajuda e simplicidade na hora de explicar o conteúdo. Parabéns Amilton por ser grande profissional.

    Responder
  7. Separei o total de 25 artigos para meu TCC, que ainda está na fase de projeto (é apenas revisão bibliográfica). Preciso referenciar todos os 25 na minha fundação teórica ou por ser ainda a fase do PROJETO posso fazer com menos?

    Responder
    • João, a regra é: se você citou o referencial no corpo do texto, ele tem que aparecer nas referências bibliográficas. Mas, no caso do projeto, sem dúvida, você pode usar só uma parte do seu referencial. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
    • João, a regra é: se você citou o referencial no corpo do texto, ele tem que aparecer nas referências bibliográficas. Mas, no caso do projeto, sem dúvida, você pode usar só uma parte do seu referencial. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  8. Perfeito FDP! Filho de Deus Perfeito. Muito obrigada!!! Nem a prof orientadora conseguiu explicar tão bem. Mil vezes obrigada.

    Responder
  9. Muito bom! Você escreve sintaticamente bem, do ponto de vista gramático, isso faz com que o leitor entenda o que você está dizendo, e olha que meu português andou se defasando por desleixo da minha parte, mas o que importa, é que o pouco que restou dele, me permitiu compreender, e bem, o que você disse. Vou indicar para as pessoas que passam por isto comigo.

    Responder
  10. Voc~e falou sobre referencial teorico eu compreendi. O que deia bem confusa são os metodos e metodologias em como descrevê-los. Eu estudei história e meus trabalhos seguiram na especialização dentro da história cultural. Fico perdida com tantos métodos, eu compreendi o de pesquisa de campo. Mas minha pesquisa utiliza material como livros, trabalhos como tese, artigos, monografias e também videos. é uma pesquisa bibliográfica eu sei, mas,Dentro da história cultural usa-se métodos qualitativos e quantitativos. como vou carateriza essa pesquisa? Já existem já que exitem método quanto a abordagem técnica e quanto a natureza, a finalidade e procedimentos. Como definir seguramente o método e metodologia de minha pesquisa quanto ao método cientifico, objetivo do estudo, procedimento técnico e abordagem em pesquisa dento da história cultural.

    Responder
    • Divina, só consigo te responder essa pergunta, se conhecer o tema e os objetivos geral e específicos do seu trabalho. É a estrutura básica (tema, problema de pesquisa e objetivos) que define a metodologia, e não o contrário. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
    • Divina, só consigo te responder essa pergunta, se conhecer o tema e os objetivos geral e específicos do seu trabalho. É a estrutura básica (tema, problema de pesquisa e objetivos) que define a metodologia, e não o contrário. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  11. Professor Amilton, parabéns pelo excelente material publicado neste portal. Estou elaborando um pré projeto de pesquisa para participar de uma seleção para um programa de doutorado e suas orientações foram de fundamental importância. Valeu. Abraço.

    Responder
    • Olá, Nilton. Fico muito feliz em ajudar e muito grato pelo seu comentário e reconhecimento. Esse é o estímulo de que nós precisamos para continuar o nosso trabalho aqui no TCC Sem Drama. E muito boa sorte no seu Doutorado! Abraços. Amilton Quintela

      Responder
    • Olá, Nilton. Fico muito feliz em ajudar e muito grato pelo seu comentário e reconhecimento. Esse é o estímulo de que nós precisamos para continuar o nosso trabalho aqui no TCC Sem Drama. E muito boa sorte no seu Doutorado! Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  12. Parabens professor! Estou neste momento estruturando material para elaborar minha fundamentação teórica! Confesso que salvou minha noite/dia rsrs ^^ Estou seguindo suas orientações, obrigada!

    Responder
  13. Valeu mestre já sou seu aluno há 1 ano passei por aqui para ler seu BLOG, parabéns pelo excelente trabalho.

    Responder
  14. Bom dia!!! Muito boa suas dicas. Estou elaborando um Paper sobre interpretação na resolução problemas matemáticos. Já encontrei os artigos relacionados. Como acho as palavras chaves??? estou sofrendo com isso. rsrsrsr. obd. Claudia

    Responder
    • Claudia, acho que estou vendo sua publicação com um certo atraso, mas o que você pode fazer é buscar nos próprios artigos, os conteúdos do resumo e da conclusão. Eles apontam a temática central do trabalho e os principais resultados encontrados na pesquisa. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  15. Oii, vc já me ajudou taanto, seu ensino é impecável e muito claro, e tbm muito tranquilizador rs(isso é fundamental rs). Sou muito grata pelo que vc faz, Deus te abençoe de uma maneira mt especial.
    Olha, eu estou na fundamentação teórica do meu projeto de pesquisa e semestre que vem é a monografia, o meu tema não é algo muito trabalhado apesar de ser uma realidade gritante na rotina da profissão que escolhi (Serviço Social), qual dica vc pode me dar pra ajudar a encontrar autores? Eu já usei a dica que vc dá de como procurar e ajudou mas ainda assim é complicado por não ser um tema muito trabalhado.

    Responder
    • Nágila, em primeiro lugar, muito obrigado pelo carinho e reconhecimento. O método de pesquisa que eu uso e recomendo é a técnica de pesquisa por palavras-chave no Google Acadêmico. Essa técnica nunca me deixou na mão, até porque, mesmo para temas não muito explorados, eu só preciso de 3 a 5 bons artigos, para retirar, do próprio referencial desses artigos, um volume maior de conteúdos a pesquisar. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  16. oi. pode parecer idiota essa pergunta, mas de fato desejo ter ela respondida… como faço a conclusao do pre projeto de TCC?

    Responder
  17. cara você me salvou, estava doida sem saber por onde começar minha fundamentação teórica e você me ajudou demais.
    Já estou assistindo o vídeo do referencial teórico. 😀

    Responder
  18. Obrigada professor! Consegui compreender de forma clara e partir para construção do meu trabalho. Abraço!!!…

    Responder
  19. Professor Amilton, boa tarde! Estou fazendo um pré-projeto para defesa do TCC na Universidade de Pernambuco. O tema é Socialização Organizacional. Sobre fundamentação teórica entendi bastante, mas a questão é o problema de pesquisa, ainda estou meio perdido. Como fazer?

    Responder
    • Marcos, o problema de pesquisa é uma questão específica a respeito do seu tema. Algo que você quer investigar e compreender sobre a Socialização Organizacional, que, em si mesma, é um tema muito amplo, portanto, você precisa definir uma questão (pergunta) específica relacionada à Socialização Organizacional. O que você quer saber sobre esse tema? Abraços. Amilton Quintela

      Responder
      • Quais os principais fatores importantes de se inserir a Socialização Organizacional na rede supermercados Super Seleto?
        *Como ocorre o processo de socialização no supermercado super seleto para os recém chegados?
        Tenho essas duas perguntas. Algumas delas caberia no problema de pesquisa?

        Responder
  20. Olá!
    Vamos ao desafio (pra mim, lógico), tenho o seguinte título (o tema é Pescar):

    PROGRAMA DE ESTUDO SOCIOECONÔMICO E DE ACOMPANHAMENTO DA REALIDADE DO ESTUDANTE (PESCAR): MÉTODO E TECNOLOGIA NO/DE APOIO ÀS AÇÕES DE ACESSO, PERMANÊNCIA E ÊXITO DOS ESTUDANTES DO IFTO.
    Conceito central: Vulnerabilidades multidimensionais.

    O que tem em mente? (você, lógico)

    Responder
    • Sônia, a questão não é o que eu tenho em mente, mas sim o que você quer, especificamente, investigar. Qualquer tema relevante pode se transformar no assunto base de um TCC, a questão é estabelecer um problema de pesquisa relacionado ao tema. O que você quer investigar sobre o PESCAR e sua relação com o IFTO? Qual é o seu problema de pesquisa? Abraços. Amilton Quintela

      Responder
      • De como seria a estrutura desse relatório, ele pediu para refazer disse que está curto demais, eu coloquei todos os 5 passos que pede. Queria saber se é um relatório específico ou deve ser uma estrutura de relatório comum?
        Em 21 de nov de 2017 14:00, “Disqus” escreveu:

        Responder
        • Pamela, pelo que eu entendi das orientações do seu professor, ele usou o nome de relatório, mas está pedindo um documento cujas características ele mesmo definiu. A estrutura tem que ter os 5 elementos apontados na imagem que você enviou. Se você cobriu os 5 elementos, mas o professor disse que está curto demais, quer dizer que ele espera um volume maior de conteúdo, não mudanças na estrutura. Abraços. Amilton Quintela

          Responder
  21. Olá Amilton. Tudo Bem?
    Preciso da sua ajuda. No referencial que você escreveu as citações têm menos de 3 linhas, as minhas citações são maiores. Como devo fazê-las? As mantenho dentro do próprio texto e separadas por aspas ou em parágrafo próprio?

    Responder
  22. Oi…. na estrutura solicitada para o meu pre projeto tem o item titulo provisório… dai coloquei no sumario titulo provisório e no corpo do texto referente a esse titulo coloquei (Causas explicativas do alto índice de evasão dos alunos da modalidade EJA nível fundamental). Porem me falaram que não pode colocar titulo provisório tem que ser é o nome do capitulo… não intendi mas nada… o que eu faço ? 🙁

    Responder
    • Renata, você não pode mesmo colocar no sumário as palavras “Título Provisório”. Pegue o mesmo nome que você colocou no corpo do texto e repita no sumário. O fato do título ser provisório só significa que você poderá alterá-lo depois. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  23. Tenho uma dúvida (meio boba por sinal kk mas enfim) no referencial teórico, eu tenho que necessariamente trabalhar com vários conceitos de diferentes autores? Não é possível, por exemplo, abordar somente a visão e o conceito que “eu vou usar” na minha monografia sem “encher linguiça” kk?
    O conteúdo foi muito bem explicado no blog, ótima técnica. Obrigada pela ajuda e paciência com tds nós desesperados. Grande abraço.

    Responder
    • Eu gostaria muito de te dar outra resposta, mas, sem se tratando de trabalhos científicos e acadêmicos, não é possível não encher linguiça, infelizmente. E é necessário pesquisar diferentes abordagens conceituais sobre o mesmo assunto. Abraços.

      Responder
  24. Professor Amilton muito ótima sua explicação, porém vi que o Sr utilizou comentários após os autores.
    Fiquei na dúvida, porque um outro professor nos falou que só devemos colocar a posição dos autores e não fazer comentários, está correto? Me diga o que acha sobre isso.

    Responder
    • Yara, muitos professores dizem aos alunos que eles não podem e não devem fazer comentários. Eu particularmente, acho isso uma bobagem. Apresentar os seus conteúdos é permitido sim. A questão é que eles precisam estar embasados pelo seu referencial teórico. Então, se você fizer comentários a partir de conteúdos e do embasamento proporcionado pelos seus autores referenciais, não há nenhum erro em termos científicos. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  25. Boa noite, professor!
    A minha dúvida é a seguinte, eu tenho que colocar referência (nome do autor e ano) em cada parágrafo escrito com citação indireta? Por exemplo, se eu leio bastante sobre um assunto em diferentes artigos e monto um parágrafo inicial introduzindo- o com as minhas palavras, eu tenho que colocar o nome dos autores ao final?

    Responder
    • Se o parágrafo inicial inteiro é apenas uma introdução e você ainda vai explorar mais os conteúdos dos diferentes autores pesquisados, deixe para fazer as citações quando se aprofundar nos conceitos de cada autor e pode deixar esse primeiro parágrafo sem citação, meu caro. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  26. Boa Noite caro mestre!!
    Estou construindo o meu projeto de pesquisa.
    O tema foi definido “A EXECUÇÃO PENAL E A RESSOCIALIZAÇÃO DO PRESO”.
    Estou no tópico de “REFERENCIAL TEÓRICO”, porém não sei como começar, não sei o que iniciar falando. Por gentileza, me dê uma luz!!!!!

    Responder
    • Fabrício, se você está na parte de fundamentação teórica, parece muito claro, para mim, o conteúdo que você precisa desenvolver. Você tem no seu tema duas variáveis centrais de pesquisa – execução penal e ressocialização, portanto, no seu referencial, o que você precisa apresentar são os conceitos referentes a essas duas variáveis. Explique ao seu leitor, com base em referenciais, claro, o que é a execução penal, suas características, como se processa na prática e o que é o conceito de ressocialização do detento, o que ele engloba. Esse é o caminho. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  27. boa noite professor! meu tema é ELETROTERAPIA NO TRATAMENTO DA INCONTINÊNCIA URINÁRIA PÓS-PROSTATECTOMIA. estou perdido de como começar o referencial teorico, me ajuda por favor!

    Responder
    • Wilson, primeiro, separe, como eu mostro no artigo acima, os conceitos-chave do seu trabalho. Depois, comece conceituando e explicando para o seu leitor, separadamente, o que é incontinência urinária, como ela pode se manifestar em uma quadro de pós-prostatectomia (e aproveite para dizer o que é esse procedimento) e, por fim, apresente ao seu leitor o conceito de eletroterapia. É só seguir os passos e explicar cada conceito-chave do trabalho. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  28. Professor, no modelo de trabalho recebido pelo orientador, há um tópico chamado “Revisão Bibliográfica” que vem depois da introdução. Seria o mesmo que referencial teórico ou fundamentação teórica? Obrigado! abraços

    Responder
    • É a mesma coisa, Neto. Professores e instituições mudam as nomenclaturas só para confundir os alunos. Afinal, no sistema tradicional de orientação, o lema é: para que simplificar se eu posso complicar. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  29. Boa tarde, Professor.
    Agradeço muito a VC, pois estava presa no objetivo e justificativa, e suas dicas me salvaram.
    Mas estou en dúvida quanto as variáveis.
    O tema é A BUSCA PELA ESTABILIDADE: O NEGÓCIO LUCRATIVO RELACIONADO AOS CONCURSOS PÚBLICOS.

    E escolhi como variável independente CONCURSO PÚBLICO.
    E variável dependente LUCRO.
    Mas não estou convencida que lucro esteja certo.
    Pode me ajudar?

    Responder
    • Patricia, em primeiro lugar, muito bom saber que as dicas te ajudaram. Quanto ao seu tema, se o objetivo é mostrar como a indústria de preparação para os concursos públicos, em função da estabilidade da carreira pública, pode ser lucrativa, o lucro pode sim ser sua variável dependente. Mas lembre-se de que o apelo da estabilidade também é uma importante variável de pesquisa. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  30. Muito bom o conteúdo do TCC sem drama, parabéns pelo trabalho e sorte a nossa que tem ferramentas como essa que nos tiram da formalidade vazia e focam no real aprendizado que é o objetivo, ou deveria ser dos TCCs. Muito obrigado, vocês são muito bons!

    Responder
  31. Professor, boa noite! Admito que estou com muita dificuldade para escrever o pre projeto e temerosa de estar fazendo a coisa errada. Escolhi o tema: heranca digital e recorte: dificuldade na transmissibilidade dos bens digitais post mortem. Estou na dúvida com relacao a questao norteadora e objetivos. Sei que eles sao peca chave para o desenvolvimento do trabalho. Poderia colocar: quais deverao ser os critérios adotados pelo legislador na regulamentacao da sucessao após a morte? Nao sei se essa realmente deveria ser a questao norteadora. Afinal, eu teria que estabelecer esses critérios com que base em que? O tema é interessante, mas nao consigo encontrar um norte.

    Responder
    • Roberta, diante da apresentação do seu tema, eu achei a sua questão norteadora (ou problema de pesquisa) muito pertinente. Se houver textos legais, opiniões ou dotrinas ou mesmo jurisprudências que tratam do assunto, é com base neles que você vai investigar os critérios a serem adotados pelo legislador. Se houver outros autores produzindo conteúdo sobre o tema, é neles que você deve se basear para produzir o seu conteúdo. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  32. Suas dicas foram muito úteis pra mim, muito obrigada! Estou iniciando um projeto de pesquisa e estava perdida tentando entender como elaborar um referencial teórico. Parabéns pelo seu trabalho e pelo retorno dado às pessoas que o utilizam. Muito sucesso!!!

    Responder
  33. Professor Amilton, obrigado pelo espaço a questionamentos e dúvidas. Queria tirar uma dúvida: uma fundamentação teóricas deve ter quantas páginas? meu orientador pediu umas 50 páginas…….e não de onde tirar tanta informação para essa quantidade de páginas.

    Responder
    • Olá, Tiago. Desculpa a sinceridade, mas 50 páginas? Isso é um exagero por parte do seu orientador. Monografias costumam ter de 40 a 80 páginas e a parte mais substancial de texto deve ser a apresentação e análise de resultados e não a fundamentação teórica. Meu Deus! Não existe limite mínimo ou máxima para o número de laudas da fundamentação teórica, mas 50 laudas é, sem dúvida, um exagero. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
      • Pois é, parece mais tese de mestrado, invés de TCC.
        mas vou tentar chegar perto….
        parece que o objetivo do orientador é ficar livre da gente por muito tempo pra não ser importunado .
        Obrigado pela atenção.
        Sds.

        Em Qui, 5 de abr de 2018 15:05, Disqus escreveu:

        Responder
        • Quando eu li a sua primeira mensagem, foi exatamente isso que me passou pela cabeça, Tiago: esse orientador não quer ser importunado por um tempo. É trista, mas, muitas vezes, é a triste realidade. Abraços. Amilton Quintela

          Responder
  34. Boa noite professor, maravilhoso ver como tem gente bacana dividindo o seu conhecimento. Suas postagens tem me ajudado muito com o TCC, parabéns pelo seu trabalho.

    Responder
  35. Bom dia professor Amilton, confesso que estava totalmente perdida em relação a fundamentação teórica, e sua explicação acima, me abriu a visão, me fez entender e compreender de maneira muito simples, e fiquei feliz por isso. Poderia me ajudar com o meu tema ? Pois, eu estou o achando muito vago e simples… o Tema é: Inteligencia Emocional dentro das Organizações. Preciso fazer a fundamentação teórica. Meu problema é: “Qual a importância da Inteligência Emocional dentro das organizações?” Um grande abraço e meus parabéns! Sou grata.

    Responder
    • Cristielen, em primeiro lugar, muito obrigado pelo seu comentário. Muito bom saber que o conteúdo foi tão útil para você. Quanto ao seu tema, eu também considero que ele esteja um tanto amplo. Em primeiro lugar, “importância” é um termo que pode derivar para a subjetividade (o que é importante para uma pessoa pode não ser para outra). Além disso, existem diversos tipos e portes de organizações e os impactos da inteligência emocional diferem em função do contexto. No seu lugar, eu delimitaria mais relacionando a inteligência emocional a algum outro aspecto, algo do tipo: quais os impactos da inteligência emocional no processo de ascensão profissional de colaboradores em empresas de pequeno porte? É só um exemplo para você entender a dica. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  36. olá boa tarde,adorei o material me ajudou muito, mas a duvida que tenho é a seguinte quando eu vou comparar os autores no meu trabalho, eu tenho que fazer a comparação entre os autores que fizeram o artigo, tipo peguei três artigos diferente tratando de um determinado tema, mas na leitura desses artigos tem citações de diversos outros autores, eu posso usar essas citações no meu trabalho? e no caso esses artigos que peguei e que vou me basear no meu trabalho eu tenho que comparar os autores que elaboraram o artigo que na maioria das vezes são alunos ou professores que fazem e são mais de um ? ai como eu faria essa comparação entre eles ? pq dentro desses artigos tem varias citações de outros autores e eu não sei como fazer essa comparação.

    Responder
    • Stefany, em primeiro lugar, obrigado pelo elogio ao conteúdo. Quanto à sua dúvida, geralmente as comparações são estabelecidas entre os autores responsáveis pelos conceitos e teorias originais, ou seja, aqueles citados nos artigos. Você pode comparar os conteúdos dos autores citados, sem problemas. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  37. Professor Amilton suas orientações são de suma importância para o desenvolvimento do meu TCC. O que não consigo entender é o porquê de não obtermos informações tão claras e simples, como esta, na faculdade. Estou desenvolvendo meu Pré-TCC, pois minha faculdade adota esta matéria em dois períodos, para o melhor desenvolvimento do trabalho de conclusão. No período anterior tive a oportunidade de escrever um artigo cientifico. Como eu sofri com as recusas e com a falta de interesse do meu orientador! Comecei a ter medo do TCC. Conheci o TCC Sem Drama através da minha professora de Projetos em Administração, e não me canso de agradece-la. Foi um marco na minha vida! Sou estudante de Administração e estou no final do 6º Período. Me sinto muito feliz em estar aprendendo a desenvolver um TCC de forma correta e sem necessidade de ficar sofrendo e correndo atrás de orientador. Obrigada pelo apoio!

    Responder
    • Cinthia, que belo depoimento. Muito obrigado, de coração. E saber que você chegou ao TCC Sem Drama através da sua professora foi uma novidade muito bacana, porque, geralmente, os professores tem uma certa resistência ao meu método (cá para nós, acho que é justamente porque ele simplifica demais… hehe). Mas fico muito feliz com todo esse impacto que o TCC Sem Drama teve na sua vida acadêmica. Muito sucesso para você! Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  38. Professor, sou estudante de Engenharia de produção, meu orientador não ajuda em nada, muito pelo contrário, vou fazer meu TCC, inclusive esta super atrasado, preciso entregar meu referencial teórico para esta fase do trabalho, vou falar de mapeamentos de processos em negócios utilizando o BPN, sendo verdadeiro não sei por onde começar.

    Responder
    • Mauro, infelizmente, o fato do seu orientador não te ajudar muito não me surpreende em nada. É o sistema tradicional de orientação falhando com o aluno mais uma vez. Se você precisa começar o seu referencial teórico, o artigo acima pode te mostrar como escrever, mas, antes disso, você precisa pesquisar o conteúdo. Ou seja, encontrar materiais relacionados ao seu tema. Aliás, antes mesmo de procurar referenciais, primeiro, monte a sua Estrutura Básica. O tema é só um ponto de partida. O que realmente orienta a pesquisa de referencial é a Estrutura Básica do TCC. Veja isso: https://www.youtube.com/watch?v=52tAF-pYiQg&t=1s Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  39. Professor, o que fazer quando ha referênciais teiricos, mas esqueceram de colocar a fonte? É já não sabem mais pq pesquisaram na internet .

    Responder
    • Kelcilene, infelizmente, se a pesquisa foi realizada na internet e não há mais como acessar os conteúdos, não há como utilizar o conteúdo pesquisado, porque você não será capaz de dizer qual é a fonte de informação. Nesse caso, se você utilizar o conteúdo sem referenciar, isso pode ser considerado plágio. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  40. Boa noite, professor.
    Eu estou confusa, no meu desenvolvimento eu já coloquei os meus objetivos, então o que devo colocar na fundamentação? Se for para trocar e colocar o que já escrevi na fundamentação, o que coloco no desenvolvimento?

    Responder
    • Isabelle, você fez o desenvolvimento do conteúdo antes da fundamentação teórica? Estranho… é bom frisar que a fundamentação é a apresentação dos conceitos-chave da pesquisa com base em autores referencias e o desenvolvimento é a apresentação dos resultados da pesquisa e análise desses resultados. Se o trabalho é uma revisão bibliográfica e não envolve pesquisa de campo, o conteúdo do desenvolvimento passa pela análise dos referenciais apresentados na fundamentação, incluindo comparações entre autores, diálogo entre conteúdos e conclusões acerca das relações entre as variáveis de pesquisa. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
      • Minha faculdade passou para a gente um Template do TCC com o esqueleto pronto, e o Desenvolvimento está antes da Fundamentação, por isso fiquei confusa.
        Muito obrigada pela resposta!

        Responder
        • É a primeira vez que eu vejo o desenvolvimento antes da fundamentação. Isso não faz muito sentido, mas vale a explicação anterior, mesmo com a ordem inversa. Abraços. Amilton Quintela

          Responder
  41. Boa noite, professor Amilton !! Conteúdo excelente, me esclareceu muito sobre o fundamento teórico. Difícil achar alguém com tanta clareza no escrever e uma didática mil !!! Muito Obrigado !!

    Responder
  42. Olá, Bom dia!
    Ainda não acredito que consegui compreender sua digníssima explicação!
    Já apresentei meu projeto de pesquisa, e por sinal, fui ruim no quesíto (Fundamentação Teórica). Pois não entendia, meus professores sabiam (para eles) mas, enfim, agora acredito que farei um bom trabalho!
    Obrigada por compartilhar um pouco sua sabedoria!

    Abraços

    Responder
  43. Boa noite professor! Primeira vez que leio as orientações do seu site!!! ADOREI!!! Muito claro, didático, prático e realista… tudo o que passamos quando precisamos fazer um TCC (um drama kkkk). Estou finalizando meu projeto de pesquisa e recebi a devolutiva de meus orientadores porque não mencionei autores nem conceitos no meu Referencial Teórico. Li as suas orientações acima e pasmem!! Entendi!! kkk Mas aí eu fico na dúvida…. se é um projeto ainda…(início de tudo) e tenho que fazer as citações de autores que vou me basear… (mas eu ainda vou começar a ler… e tal)… Vou ter que fazer as leituras antes de fazer o Referencial???? Me ajuda please??
    Ana Paula Matsuo

    Responder
    • Olá, Ana. Em primeiro lugar, muito obrigado pelo carinho e por todas as palavras elogiosas. Toda a equipe do TCC Sem Drama e eu, particularmente, agradecemos o comentário e te mandamos um grande abraço. Quanto à sua dúvida, vamos lá. O referencial teórico (ou fundamentação teórica) é a base de pesquisa do desenvolvimento tanto do projeto quanto do trabalho final. Sendo assim, eu sempre recomendo aos meus alunos que pesquisem, leiam e montem o referencial mais robusto possível, com autores e citações, já no projeto, porque toda essa parte poderá ser aproveitada no trabalho final. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  44. bom dia Prof. Amilton, o meu tema : aplicacao do sig na analise de areas de risco de poluicao de aguas subterraneas no rio matola, pedia ons conceitos centrais

    Responder
    • Olá! Desculpe, mas não entendi muito bem a parte “pedia ons conceitos centrais” no seu comentário. Agora, de cara, já posso te dizer que o seu tema está devidamente delimitado e pode ser transformado em uma Estrutura Básica muito consistente, com problema e objetivos de pesquisa. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
    • Em um projeto de pesquisa, não falta mais nada, Ingrid (em termos de conteúdo textual, claro). Mas no trabalho final, falta o próprio desenvolvimento dos objetivos específicos em capítulos do trabalho, al[em da conclusão. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
    • Em um projeto de pesquisa, não falta mais nada, Ingrid (em termos de conteúdo textual, claro). Mas no trabalho final, falta o próprio desenvolvimento dos objetivos específicos em capítulos do trabalho, além da conclusão. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  45. Boa tarde, professor Amilton! Gostaria primeiramente de agradecer por compartilhar conosco esse excelente material. Estou iniciando meu TCC e sem dúvidas todo exposto aqui está me ajudando e muito a compreender e montar minha estrutura básica primeiro.

    Responder
  46. Boa noite professor. Estou construindo meu projeto de pesquisa de Pós-Graduação em Jornalismo Esportivo e gostaria da sua ajuda, se possível. O tema é ESTUDO DE CASO DE TIMES EUROPEUS VENCEDORES E O QUE PODE SER APLICADO NO BRASIL e estou tendo dificuldades justamente na parte de Fundamentação Teórica. O estudo seria dos casos de Manchester United através do livro Liderança (Michael Moritz) e do Bayern de Munique e seleção alemã (através de Gol da Alemanha – Axel Torres e André Schön – e Guardiola Confidencial – Martí Perarnau). Talvez o maior problema seja na hora de comparar as ideias dos autores, já que não há tantos para fazê-lo. O que indica? Por onde começar? Muito obrigado.

    Responder
    • Guilherme, ter uma base restrita de autores não é necessariamente um problema, mas fica uma dica, mencione na sua metodologia um motivo específico para você ter como autores os nomes que você escolheu. A questão não é necessariamente o número de autores, mas a representatividade dos mesmo. Só para te dar um exemplo, você pode estabelecer como critério de escolha do referencial, a representatividade e o impacto da obra para o seu contexto de análise e, nesse caso, você justifica as escolha dos conteúdos que vai utilizar como base. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  47. Olá, professor. Boa noite! Parabéns pela iniciativa e, principalmente, pelo conteúdo de excelente qualidade aqui exposto. Sem dúvidas, deve ajudar a muitos, como ajudou a mim.
    Estou iniciando o TCC, com a construção do Projeto de Pesquisa. No momento, meu maior desafio é justamente o Referencial Teórico. Já venho realizando leituras na minha temática ha um certo tempo de modo que não me faltam autores e obras a serem discutidas. Nessa caso, seu roteiro será de grande ajuda. No entanto, ainda tenho dúvidas em como adaptar os conceitos que quero trabalhar no seu roteiro, uma vez que o primeiro tópico consiste justamente no histórico do conceito. Como se trata de um projeto de conclusão em História, já ai está o coração da minha pesquisa, que engloba gênero, etnia e pós-abolição. Por isso ainda me sinto meio perdida.

    Responder
    • Camila, em primeiro lugar, muito obrigado por todos os elogios ao conteúdo do Blog e ao projeto TCC Sem Drama. Com relação à sua dúvida, eu preciso pontuar que, o modelo de roteiro que eu apresento pode se ajustar à maior parte dos trabalhos, mas, isso não significa que ele não possa sofrer mudanças. Ou que a ordem dos tópicos não possa ser reorganizada em função de necessidades específicas. Talvez, no seu caso, os conceitos-chave (gênero, etnia..) possam ser apresentados antes e a contextualização histórica para o seu objeto de estudo virá depois, como parte central da discussão do tema. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  48. Olá professor, muito bom material, me ajudou bastante parabéns!! Voce tem ai as bibligrafias que voce utilizou como exemplos nesse texto?

    Responder
    • Bruna, em primeiro lugar, muito obrigado pelos elogios ao material. Valeu demais pelo comentário e reconhecimento. Quanto aos conteúdos que eu utilizei, eles são trechos retirados de trabalhos produzidos por alunos que eu orientei, presencialmente, ou através do treinamento online do TCC Sem Drama – http://www.tccsemdrama.com.br/ Assim, eu fui utilizando os trechos à medida que eles chegavam para minha correção e não tenho as referências dos conteúdos definitivos e publicados. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  49. Olá Professor,no meu trabalho, quais são as variáveis ou conceitos relacionados?
    Tema:Análise de microdados do enem
    Pergunta de pesquisa: Alunos de escola pública tem nota menor do que alunos de escola particular em matemática no ENEM?
    Objetivo Geral: Demonstrar a existência da diferença entre o desempenho médio dos alunos de
    escolas públicas e privadas, participantes das provas de matemática do ENEM nas três últimas edições.
    Objetivos Específicos: Analisar as tabelas de notas da prova de matemática das escolas públicas dos
    últimos três anos. Comparar as médias de notas das provas de matemática.

    O Meu professor disse que eu teria que falar sobre trabalhos que já analisaram microdados do Enem, só que não sei o que falar,
    e citar a técnica que eu vou utilizar para “capturar” os microdados e dizer o porquê utilizei essa técnica e não utilizei outra (isso eu vou ver com o meu orientador).

    Responder
    • Vamos por partes, Lucas. Primeiro, cuidado com os termos que você usa na sua estrutura de conteúdo. Ao dizer “Demonstrar a existência da diferença…”, você está partindo da premissa de que a diferença existe. E, pela sua pergunta, você quer exatamente identificar se essa diferença existe ou não. Portanto, há uma contradição. Seria melhor: identificar a existência da diferença…
      Outra questão é: o que você quer dizer com variáveis relacionadas? Você não sabe quais são os conceitos chave do seu tema, é isso?
      No final do comentário, você passa a tratar de metodologia. Dizer como você vai capturar os dados é simplesmente descrever o caminho de pesquisa que você vai percorrer para acessar os dados, ou seja: como você vai selecionar os trabalhos que apresentam microdados do ENEM, que critérios você vai utilizar para separar e compilar esses dados… e por aí vai.
      Abraços. Amilton Quintela

      Responder
    • Que ótimo, Claudienice. Muito obrigado pelo reconhecimento e pelo comentário. Sempre bom poder ajudar e saber que o conteúdo vem sendo realmente útil para os alunos. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  50. Estou gostando das dicas, elas me ajudam bastante. Porém, não consigo encontrar referencial teórico sobre o uso de smartphones como um equipamento de auxilio em sala de aula, ainda mais por ser algo recente. Há algum ponto-chave que não estou sabendo utilizar?

    Responder
    • Johnny, em primeiro lugar, muito bom saber que os conteúdos estão sendo úteis para você. Quanto à sua pesquisa, filtre o conteúdo por combinações de palavras-chave. É possível que você não encontre uma correlação direta entre o smartphone e a aprendizagem. Mas pesquisa por novas tecnologias + aula; novas tecnologias + aprendizagem; internet + aulas… enfim, combine palavras que relacionam a utilização da tecnologia com os novos modelos de ensino e aprendizagem. Com essa base de referencial, você pode dar suporte ao seu trabalho e o seu trabalho intelectual será delimitar esse conteúdo até chegar especificamente ao smartphone. É bom lembrar que o smartphone é uma ferramenta, mas o que realmente impacta o processo de aprendizagem são os conteúdos que podem ser acessados via smartphone. Pensa nisso. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  51. Olá professor!

    Eu tenho a seguinte problemática no meu projeto de pesquisa: “O armamento civil seria a melhor solução para efetivação do direito à segurança?” Na parte da fundamentação teórica eu devo então traçar um histórico do desarmamento no Brasil? O que você recomendaria? Que tipo de material eu deveria buscar?

    Obrigado pelo material, é bastante esclarecedor.

    Responder
    • Olá, meu caro. Em primeiro lugar, obrigado pelo elogio ao conteúdo. Em segundo lugar, sem dúvida, você deve buscar referenciais que tratem do histórico do processo de desarmamento no Brasil. Inclua aí as diferentes posições, em produções científicas, sobre a questão do armamento civil, ou seja, prós e contras, além de todo o arcabouço legal e jurídico que permeia essa questão. Assim, você terá um volume de referencial consistente. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  52. Estou gostando das dicas, elas me ajudam bastante. porem não estou entendendo como posso fazer as citações dos autores. ou seria somente minha leitura de artigos e livros e escrever com minhas palavras o que eu entendi, estou perdida vc pode me ajudar. meu tema é A IMPORTÂNCIA DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE INDIVÍDUOS CARDIOPATAS. agradeço obrigada.

    Responder
  53. Meus parabéns amigo, só lendo este artigo você ja abriu demais a minha mente em relação ao que posso fazer com projeto de estágio 2. Muito obrigado !!!

    Teria alguma dica mais específica para mim ? meu tema é: Quais os fatores que impactam a baixa produtividade do INSS ?

    Desde já, agradeço !

    Responder
    • De nada, Matheus. E muito obrigado pelo comentário. Para o seu problema de pesquisa valem as mesmas dicas e observações do artigo, basta adaptar ao seu contexto de pesquisa. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  54. Olá, amei suas dicas e com certeza irei usausá-.
    Me opass umas referências sobre o tema: DESAFIOS DO ALUNO AIRISTA NA EDUCAÇÃO INFANTIL.
    Estou perdida sem referência.
    Muito obrigada!!!

    Responder
  55. Olá, amei suas dicas e vou usá-las.
    Teria como me passar umas referências com o tema.
    “DESAFIOS DO ALUNO AUTISTA NA EDUCAÇÃO INFANTIL”.
    Estou perdida nesse quesito.
    Grata!

    Responder
  56. Amei o seu conteúdo, achei bem esclarecedor!
    A minha dificuldade está sendo encontrar os conceito chaves sendo que meu tema é ” Wood frame: construções em madeira”. Poderia me ajudar? Desde já agradeço!

    Responder
  57. Boa tarde! Preciso de uma ajuda com o meu TCC, o meu orientador me enviou essa mensagem: “O TCC precisa de citações doutrinárias que fundamentem a pesquisa”, porém eu fiz as devidas citações.

    Responder
    • Alyne, você identificou as citações para o seu orientador? Outro detalhe é o seguinte: se as citações não seguem as regras específicas para sua apresentação ao longo do texto é como se elas não existissem mesmo, ou, pelo menos, não podem ser identificadas. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  58. Boa noite professor! Primeiro gostaria de parabenizar pelo artigo. Material excelente. Tendo em vista que meu TCC (Curso análise de sistemas) se da em torno do desenvolvimento de um aplicativo para celular, pensei em montar o referencial teórico da seguinte maneira: Citando a evolução dos smartphones, na sequência os Apps e em seguida as linguagens de programação (Sim, são mais de uma) utilizadas. Acha válido? Teria alguma dica? Outra dúvida que talvez seja básica, nos tópicos posso fazer algo neste sentido: 3 Fundamentação Teórica…… 3.1 Surgimento e evolução dos Smartphones… 3.2 Evolução dos Apps.. 3.3 Linguagens de programação Utilizadas… 3.3.1 Java… 3.3.2 Ionic.. 3.3.3 View etc. Desde já agradeço sua atenção..

    Responder
    • Ronei, o roteiro que você montou para a sua fundamentação teórica ou referencial teórico ficou muito consistente. Seu conteúdo prova que as técnicas do artigo podem mesmo ser aplicadas de maneira eficaz em um trabalho de qualquer área de conhecimento, mesmo aquelas, mais técnicas, como é a sua. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
      • Obrigado pela resposta professor. Com relação aos tópicos, posso citar desta forma? o “3” seria como “fundamentação teórica” mesmo?

        Responder
        • É sempre importante verificar se o manual de produção científica da sua instituição define títulos específicos, mas, em termos de estrutura científica, não há problema nenhum em usar os títulos que você escolheu. Abraços. Amilton Quintela

          Responder
  59. Olá boa tarde. Eu realmente estou com grandes problemas com o TCC.

    Gostaria muito de aprender com sua ajuda, más não terei como cumprir os requisitos para fazer o mesmo. Eu vivo em Angola e não tenho como fazer o pagamento…

    Responder
  60. Muito boa didática de ensinamento! Simples e descomplicada, utilizando exemplos.
    Parabéns e muito obrigado pela colaboração.

    Responder
  61. Site maravilhoso. Estou com duvidas em encontrar os conceitos chaves do meu trabalho de extensão, cujo tema é : “O impacto negativo dos jogos mobile no contexto escolar e social do aluno” gostaria de uma ajudinha aqui. OBRIGADO!!!

    Responder
    • Marcelo, os conceitos chave são os elementos centrais do seu tema, tais como: jogos mobile, contexto escolar, aprendizagem, ferramentas digitais de educação, gamificação… e por aí vai. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  62. Boa noite professor. Ainda estou a orientador na faculdade. Mas estou tentando dar início ao meu TCC, pois terei apenas 2 meses para concluí-lo. Numa palestra na faculdade falaram que o TCC poderá ser uma: Revisão de literatura ou Monografia. Optei pela Revisão de literatura. Já dividi meu tema ” Benéficos do treinamento de força para idosos” em Topicos e fiz a introdução que irei ajusta-la depois.
    Porém ao começar o meu referencial teórico fiquei em duvida! Ja pesquisei em vários lugares e não sei o que fazer.
    A minha revisão literária deve ser toda feita com citações de autores? Ou deve escrever também uma explicação do que o autor quis dizer em cada parágrafo e após isso citar o que ele disse realmente?

    Responder
    • Gabriela, você pode fazer análises dos conteúdos referenciais, estabelecer semelhanças e divergências entre autores, por exemplo, tirar conclusões a partir das análises, mas toda a sua argumentação deverá se basear em referências. Então, faça as análises, elas são a parte mais importante do conteúdo, mas tenha sempre como base um autor de referência. No https://www.tccsemdrama.com.br/, onde estão meus conteúdos exclusivos e eu oriento pessoalmente os alunos, existe uma técnica, chamada ABCD, para escrever a partir de referenciais e acrescentar as suas análises, mas esse é um conteúdo exclusivos, que por uma questão de respeito aos alunos que investiram no curso, está disponível apenas na nossa plataforma de treinamento. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
  63. Olá , preciso fazer uma fundamentação teórica , você me ajudou muito , pois não tinha muita ideia. Meu tema sobre alimentação do idoso.

    Responder
  64. Boa tarde professor Amilton. Nós conceitos centrais é necessário sempre ter mais de um ou trabalho pode ter só um conceito central?

    Responder
    • Fábio, geralmente os trabalhos consistentes tratam da relação entre variáveis, por isso, costumam ter mais de um conceito central. Mas não existe regra que proíba que o seu trabalho tenha um único conceito central. Agora, cuidado! Porque quando há um único conceito central, há o risco de uma abordagem muito ampla, sem foco específico, o que prejudica o desenvolvimento do conteúdo. Abraços. Amilton Quintela

      Responder
      • Por exemplo, estou fazendo um TCC para conclusão de um curso técnico em eletromecânica, daí o tema dele é ANÁLISE DA VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE UM
        SISTEMA DE GERAÇÃO DE ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA INTEGRADO A REDE ELÉTRICA DO IFPB/ITABAIANA. porém não consigo identificar mais de um conceito central

        Responder
  65. Boa noite, professor! Estou iniciando o meu TCC de conclusão do curso, no caso Direito, e escolhi o tema: Adoção à Brasileira e o Projeto Entrega Responsável de Crianças para Adoção implementado no âmbito do Poder Judiciário Cearense. No momento tenho que fazer o referencial teórico, mas não sei por onde começar, pois não tenho fontes de pesquisas bibliográficas. Gostaria de uma opinião do Senhor por onde começar.

    Responder
    • Adriana, a delimitação do seu tema tem uma peculiaridade que aparece em alguns conteúdos dos meus alunos no http://www.tccsemdrama.com.br/treinamento. Lá no treinamento eu consigo direcionar a pesquisa, mesmo quando o aluno acredita que não há referencial. Já fiz isso várias vezes. Aqui em um comentário no blog, eu não consigo te passar essa orientação completa, mas posso te dar uma dica. No caso do seu trabalho, você deverá pesquisar os seus conceitos-chave de maneira isolada, ou seja, separadamente. Então, faça pesquisas distintas sobre adoção à brasileira e projeto de entrega responsável. Você certamente encontrará conteúdos. Depois, será o seu trabalho intelectual relacionar os temas na realidade do contexto do Poder Judiciário Cearense. E se precisar de ajuda individualizada e mentoria para fazer suas pesquisas e desenvolver as relações entre as variáveis, confere o http://www.tccsemdrama.com.br/treinamento. Prof. Amilton Quintela

      Responder

Deixe um comentário