Como fazer um TCC pronto em 9 passos, usando o mesmo roteiro que já aprovou mais de 40 mil alunos

Como fazer um TCC pronto passo a passo?

Você também tem essa dúvida? Então, você precisa ler este artigo.

Quando o assunto é como fazer um TCC, em maior ou menor escala, todos os alunos apresentam alguma dificuldade e, na maioria das vezes, medo. O grande problema é que esse medo paralisa. Então, o aluno fica parado na frente do computador sem conseguir escrever uma única linha.

E sabe o que é pior? Esse medo é estimulado e potencializado por boa parte dos orientadores, que adoram repetir como fazer um TCC é difícil. E se você conseguir, é porque abraçou o sofrimento, abriu mão da sua vida social, negligenciou amigos e família, perdeu noites de sono… enfim… um monte de bobagens.

Pode ficar tranquilo ou tranquila. A ideia deste artigo é justamente ir na contramão do senso comum e te mostrar como fazer um TCC pronto muito mais rápido, fácil e com qualidade. Eu tenho mais de 40 mil alunos que provam isso e que percorreram exatamente os passos que eu vou te mostrar aqui.

Será que é coincidência o fato de que todos esses alunos fizeram o meu treinamento online e usaram o roteiro aprovado do TCC Sem Drama? Claro que não. Nada de coincidência ou mágica, nós estamos falando de métodos e técnicas.

Então, como fazer um TCC pronto com garantia de aprovação? Isso é possível? Parece bom demais para ser verdade?

Se você ainda não acredita, isso é totalmente natural! Olha só, eu fiz o meu TCC, uma monografia à época, em 4 semanas, partindo do zero. Com as mesmas técnicas, eu fiz a minha dissertação de Mestrado em 60 dias. E eu achava impossível ser mais rápido do que isso. Mas os meus alunos me provaram que eu estava errado.

Eu já recebi vários depoimentos de alunos do TCC Sem Drama que fizeram seus trabalhos em 20, 15, 10 e até 7 dias! E muitos desses alunos, quando chegaram ao treinamento e antes de seguir o roteiro que você vai ver neste artigo, não sabiam nem por onde começar o seu TCC ou tinham “travado” em alguma parte específica do trabalho.

E o mais incrível é que esses alunos tiraram notas altíssimas. Uma média de 9,7 em um total de 10 pontos!

A média geral de produção do TCC (e nós estamos falando de todos os tipos de produções científicas, como artigos, monografias, relatórios de pesquisa…) dos alunos inscritos no TCC Sem Drama é de 27 dias! O que, cá para nós, já é muito rápido!

E qual é o segredo? O que esses alunos fizeram? Eles pararam de se vitimizar e se dedicaram a aplicar as técnicas do nosso treinamento, sem restrições. E percorreram o caminho de 9 passos que a gente vai ver juntos a partir de agora.

Como fazer um TCC pronto mais rápido e fácil? Tente este caminho:

  1. Comportamento aprovado! A postura correta para fazer o TCC mais rápido e fácil;
  2. Como escolher o tema do TCC em 3 passos e sem pedir sugestões a ninguém;
  3. Como começar o TCC do jeito certo – A Estrutura Básica;
  4. Como fazer a metodologia científica em 3 passos simples;
  5. Como pesquisar referencial teórico e economizar de 4 a 6 semanas;
  6. Como escrever o referencial teórico ou fundamentação teórica;
  7. Como fazer o desenvolvimento – o que escrever nos capítulos do TCC;
  8. Conclusão do TCC em 3 passos;
  9. Apresentação do TCC – como superar a banca de avaliação.

Em um outro artigo aqui do blog, onde eu mostro especificamente como começar o TCC do jeito certo, eu explico o que é o TCC e a sua relação com os diferentes modelos de produção científica, como os artigos e monografias.

Então, neste artigo, não vamos mergulhar na parte conceitual. A ideia é colocar a mão na massa. Diferente do modelo tradicional de orientação (que já não funciona há muito tempo), eu não vou apenas te dizer O QUE fazer, mas, principalmente, eu vou te mostrar COMO FAZER!

Então, mãos à obra!

Passo 1 . Como fazer um TCC – comportamento aprovado

Eu sei, você está ansioso ou ansiosa para produzir. Quer ver logo como fazer um TCC pronto e aplicar as técnicas! Mas, deixa eu te dizer só uma coisinha antes:

Mais de 75% do seu sucesso, em qualquer atividade específica que você se proponha a fazer na sua vida, e isso inclui o TCC, dependem do seu comportamento e postura.

Se você realmente quer aprender como fazer um TCC de uma maneira rápida e objetiva, a primeira dica é:

Assuma um comportamento que vai te levar ao sucesso e não um comportamento que vai te autossabotar!

E o que eu estou te dizendo não é nenhum tipo de autoajuda ou lei da atração. Assim como alguém que está afundando em areia movediça, se você assume a postura errada e começa a se debater desesperado, você vai apenas afundar cada vez mais.

Então, cuidado! Assumir a postura correta, a chamada postura produtiva, significa entender e perceber o momento de stress como um desafio e não como uma ameaça. Ou seja, parar de se lamentar e repetir coisas do tipo: “eu não consigo…”, “… eu não sei…”, “… não vai dar tempo…” Porque, cada vez que você repete uma dessas bobagens, você está gerando dois efeitos:

  1. Desperdiçando tempo que poderia ser usado para produção do seu TCC;
  2. Convencendo seu cérebro de que essas bobagens são verdadeiras, e é aí que você “trava” de vez!

Portanto, não se engane! A questão aqui é saber como fazer um TCC mais rápido, e eu posso te dizer, com a convicção de quem já auxiliou mais de 40 mil alunos aprovados (até o dia em que eu escrevo este artigo) através do meu treinamento e mentoria online:

O primeiro passo é mudar a sua postura. Assumir um Comportamento positivo e produtivo.

Caso contrário, nenhuma técnica que eu possa te ensinar vai produzir efeito.

Pronto, agora que o recado está dado, podemos passar para as técnicas.

Passo 2. Como fazer um TCC – como escolher o tema do TCC em 3 passos!

Como eu digo no artigo que mostra como começar o TCC do jeito certo, também disponível aqui no blog, não existe essa estorinha de tema bom ou ruim, fácil ou difícil.

O tema de um TCC deve ser cientificamente adequado, isso sim!

E se alguém um dia te sugeriu um tema e você pensou: “nossa, que cara legal!”; repense!

Mesmo que a pessoa tenha a melhor das intenções, quando ela sugere um tema, na verdade, ela está te fazendo um desfavor. Isso porque ela vai sugerir um tema segundo o que ela acredita ser relevante ou interessante. Com base na percepção que ela tem da realidade.

Acontece que não é essa pessoa quem vai fazer o TCC, mas sim você! Portanto, o tema deve estar alinhado com a sua percepção da realidade, com aquilo que você considera relevante, interessante ou útil.

Então, esquece essa história de pedir sugestões. Para escolher um tema cientificamente adequado para o seu TCC, use 3 passos simples.

  1. Revisite as disciplinas do seu curso, escolha a que mais desperta o seu interesse e, dentro dessa disciplina, escolha um assunto do qual você mais gosta (ou que seja muito útil para a sua realidade profissional);
  2. Verifique, no Google Acadêmico, se existe conteúdo referencial confiável para esse assunto;
  3. Verifique se o assunto é relevante, ou seja, se, atualmente, ele causa impacto para a sua área de conhecimento.

No artigo sobre como começar o TCC do jeito certo, eu dou mais detalhes sobre esses passos. E no TCC Sem Drama, eu percorro junto com o aluno esse caminho.

Ah! Antes que eu me esqueça, tão ou até mais importante do que escolher um tema, é DELIMITAR o tema. E para te ajudar nessa tarefa, dá uma olhada neste vídeo:

Tema escolhido e delimitado, é hora de evitar dois erros fatais e começar o TCC do jeito certo, montando a sua Estrutura Básica.

Passo 3. Como fazer um TCC – como começar o TCC do jeito certo, pela Estrutura Básica

Não comece o seu TCC pesquisando referencial teórico! Não comece o seu TCC escrevendo qualquer parte aleatória do seu conteúdo, principalmente a introdução, ou, pior ainda, o resumo!

Essas duas situações aí em cima são os erros fatais que a maioria dos alunos comete e que você deve, a todo custo, evitar. Porque o único jeito certo de começar um TCC, se você realmente quer simplificar e acelerar a produção, é montando a sua estrutura básica.

Eu tenho, aqui mesmo no blog, um artigo muito completo, que mostra, com todos os detalhes, como começar o seu TCC e acelerar a sua produção.

Mas eu vou te passar as diretrizes básicas também por aqui.

A estrutura básica é conjunto de:

TEMA DELIMITADO + PROBLEMA DE PESQUISA + OBJETIVO GERAL + OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Atenção para o tema delimitado! Porque, se você quer aprender como fazer um TCC pronto no menor tempo e com a maior qualidade, o tema delimitado é o seu melhor amigo.

Temas amplos, como sustentabilidade, teletrabalho, o papel do profissional x ou y, a importância disso ou daquilo… não podem ser trabalhados em uma produção científica. Delimitar o tema é o segredo! Ou seja, definir uma questão específica para trabalhar dentro de um assunto mais amplo. De preferência, uma questão que relacione variáveis.

Ao invés de gestão de estoques; que tal os impactos da gestão de estoques nos custos de armazenagem? (Percebeu a diferença?)

Gestão de estoques é um tema amplo e não está definida a questão central a ser trabalhada dentro do assunto. Agora, os impactos da gestão de estoques nos custos de armazenagem é uma apresentação de tema delimitado, que deixa muito clara a questão central de pesquisa. E o que nós fizemos de tão excepcional? Nada. Só relacionamos variáveis.

Com um tema devidamente delimitado, basta transformá-lo em uma pergunta para ter o seu problema de pesquisa: quais os principais impactos da gestão de estoques nos custos de armazenagem?

E pensar que tem alunos que passam semanas, ou meses, com o tema delimitado pronto e sem conseguir montar o problema de pesquisa. Que lástima!

E mais simples ainda (sim, tem como ficar mais simples) é transformar o problema de pesquisa em um objetivo geral. Basta colocar um verbo na frente da frase e tirar o ponto de interrogação da pergunta.

Problema de pesquisa: quais os principais impactos da gestão de estoques nos custos de armazenagem?

Objetivo geral: identificar os principais impactos da gestão de estoques nos custos de armazenagem.

Já os objetivos específicos são as etapas para alcançar o objetivo geral. Então, como fazer os objetivos específicos?

Primeiro, explicando os conceitos básicos do seu trabalho. No caso do nosso exemplo, gestão de estoques e custos de armazenagem. Depois, partindo para os resultados da pesquisa. Dá só uma olhada:

Objetivos específicos:

  •  Conceituar logística e gestão de estoques;
  •  Apresentar os principais custos relacionados à armazenagem;
  •  Discorrer sobre a relevância da gestão dos custos na operação logística de uma organização;
  •  Analisar os principais impactos da gestão eficaz de estoques nos custos de armazenagem.

Dois recados muito importantes agora!

  1. OS OBJETIVOS ESPECÍFICOS RESPONDEM UMA QUESTÃO QUE ATORMENTA MUITOS ALUNOS: O QUE ESCREVER NO MEU TCC? AFINAL, OS OBJETIVOS ESPECÍFICOS DEFINEM OS CAPÍTULOS DO TCC. (Não se preocupe, retomaremos isso mais à frente…)
  2. CUIDADO COM A MIOPIA DE CONTEÚDO.

Eu explico a Miopia de Conteúdo no artigo sobre como começar o TCC do jeito certo, mas, resumidamente, ela é a crença de que você só vai conseguir entender e aplicar uma técnica se você se deparar com um exemplo idêntico ao do seu TCC, com o mesmo assunto ou tema. BOBAGEM ABSURDA!

Eu já orientei mais de 40 mil alunos aprovados no TCC Sem Drama, e, obviamente, eles eram de áreas de conhecimento diferentes, produzindo tipos de trabalhos diferentes e com assuntos diferentes. E, adivinha só, ao entender a técnica com base na sua estrutura, passo a passo, eles reproduziram o método e foram aprovados. Então, a verdade é que o método funciona!

Mas, se você ainda tem dúvida sobre o seu conteúdo e sobre como utilizar as técnicas no seu trabalho, fala comigo aí nos comentários, abaixo do artigo. Ou vem fazer parte do meu time dos aprovados, para gente trabalhar juntos na produção do seu TCC aqui no TCC Sem Drama.

Com a estrutura básica pronta, agora sim você pode começar a sua pesquisa de referencial, certo? Errado! Primeiro, você tem que definir a sua metodologia. E nós vamos fazer isso sem drama, em 3 passos simples, afinal, a ideia aqui é aprender como fazer um TCC pronto muito mais rápido e fácil.

Passo 4. Como fazer um TCC – como fazer a metodologia científica em 3 passos simples

Monografias, artigos, dissertações, teses… o que todos esses modelos de TCC têm em comum? Na verdade, são vários pontos, mas todos devem ter uma metodologia.

Geralmente, a metodologia do TCC é uma parte da introdução dos trabalhos, já em projetos de pesquisa, a metodologia é um capítulo à parte. Mas, se a questão é como fazer um TCC pronto mais rápido e fácil, sem perder a qualidade, isso não é o que realmente importa. O que realmente importa é que você saiba que a metodologia é a descrição do seu processo de pesquisa, ou seja, como você pretende fazer a sua pesquisa.

Abaixo estão listados os 3 passos básicos para você desenvolver a sua metodologia:

  1. TIPO DE PESQUISA: a natureza da sua pesquisa, ou seja, se ela é exploratória, descritiva ou explicativa.
  2. FONTES REFERENCIAIS: onde e como você vai buscar suas informações e referenciais.
  3. TRATAMENTO DOS RESULTADOS: se você vai apresentar os seus resultados de forma quantitativa ou qualitativa.

Ao apresentar os 3 Passos acima para o leitor do seu TCC, você explica a parte mais robusta da metodologia do seu trabalho. No mais, você só precisa dizer como as ferramentas e instrumentos de pesquisa serão aplicados.

Por exemplo, se a Metodologia do TCC tem uma pesquisa bibliográfica (e todos tem!), você precisa dizer onde vai buscar as informações, como selecionou os autores… e por aí vai. Se a Metodologia do TCC tem uma pesquisa de campo, com aplicação de questionário, por exemplo, você tem que explicar como o questionário será aplicado, que critérios você usou para escolher os entrevistados, como vai compilar os dados… e por aí vai.

No vídeo abaixo, que eu publiquei há algum tempo no canal do TCC Sem Drama no Youtube, eu te mostro mais detalhes sobre a metodologia do TCC em 3 passos. Confere aí:

Já que todo trabalho científico tem que ter fontes referenciais secundárias, ou seja, conteúdos de outros autores que dão suporte à discussão do seu TCC, vamos agora falar um pouco sobre o referencial teórico. Passo 5!

Passo 5. Como fazer um TCC – como pesquisar referencial teórico

Os alunos do TCC Sem Drama, que eu oriento diretamente, economizam em torno de 4 a 6 semanas na sua pesquisa de referencial quando comparados aos alunos que não usam o nosso método. Mas qual é a diferença? Basicamente, na maior parte dos casos, os alunos pesquisam referencial de maneira aleatória. Já os meus alunos pesquisam de maneira coordenada e direcionada.

A primeira dica é: não comece sua pesquisa no varejão! Você corre o risco de usar fontes nada confiáveis.

O que eu chamo de varejão é o Google. Você vai usar o Google sim, mas uma plataforma específica, o Google Acadêmico – https://scholar.google.com.br/.

Não use palavras soltas, mas sim combinações de palavras-chave relacionadas aos conceitos centrais do seu TCC. Dê preferência, inicialmente, aos retornos da pesquisa em forma de artigos científicos. E verifique se eles são confiáveis. Como fazer isso? É só verificar se os artigos já foram citados por outros trabalhos. Observe sempre o termo “Citado por” e o número que vem logo a seguir. Quanto maior o número, mais vezes aquele artigo foi citado por outros trabalhos e, portanto, mais confiável ele é. Exemplo:

Como fazer um TCC pronto mais rápido e fácil passa pela pesquisa acelerada e certeira de referencial teórico, portanto, as combinações de palavras-chave são fundamentais.

Digamos que os conceitos centrais do seu TCC são sustentabilidade e empreendedorismo. Se você quiser arrancar informações relevantes do Google Acadêmico, você tem que combinar palavras-chave de maneira assertiva (inteligente).

Faça combinações do tipo: sustentabilidade + empreendedorismo; empreendedorismo sustentável; empreendedorismo social; empreendedor + sustentável; sustentabilidade + negócios… e por aí vai. Uma combinação de cada vez, claro!

Encontre 5 artigos relevantes. Se você salvar mais arquivos, vai estar apenas colecionando informações inúteis. É um direito que você tem, mas se você quer acelerar o seu TCC, eu não recomendo. Então, desapega!

Nesses artigos relevantes já selecionados, veja as referências (lá no final dos trabalhos), procure por autores que aparecem em mais de um artigo, porque eles são as autoridades sobre o assunto do seu TCC, e, depois, pesquise esses autores e suas obras. De 5 a 7 autores para cada conceito central do seu TCC é o que você precisa!

Para resumir e reforçar o que eu falei aqui sobre a pesquisa de referencial teórico direcionada, dá uma olhada no vídeo abaixo:

E agora, vamos ao passo 6.

Passo 6. Como fazer um TCC – como escrever o referencial teórico ou fundamentação teórica

Uma coisa é pesquisar referencial, outra coisa é escrever o referencial.

E se você é daqueles alunos que vivem repetindo “eu não consigo escrever o meu TCC”…

ANOTA AÍ!

O primeiro grande segredo para destravar a escrita de um TCC é montar roteiros. Porque roteirizar facilita a elaboração de qualquer conteúdo textual. E roteirizar significa montar uma sequência de tópicos para desenvolver um conteúdo.

Junto com a técnica de escrita ABCD, que mostra o padrão da produção textual científica, a técnica de Roteirização é uma das mais populares do meu treinamento online. Juntando essas duas técnicas, os meus alunos, contando também com a minha orientação e mentoria, resolvem de uma vez por todas o problema da produção escrita dos seus trabalhos.

E não dá para explicar essas duas técnicas em um artigo de blog. E eu nem poderia, porque elas são exclusivas do TCC Sem Drama. Mas eu posso te passar o roteiro básico que eu uso nos meus conteúdos de referencial teórico ou fundamentação teórica.

Como fazer um TCC pronto mais rápido e fácil passa também pela aceleração da escrita, então, use e abuse do roteiro abaixo para desenvolver o seu referencial teórico.

  1. Histórico do conceito ou conceitos.
  2. Apresentação do conceito ou conceitos a partir de diferentes autores.
  3. Análise do conceito ou conceitos e comparação das abordagens dos diferentes autores.
  4. Conexão com a atual realidade para dar relevância ao conceito ou conceitos.

Para que você possa entender melhor o roteiro, vamos trabalhar com um exemplo. Digamos que você está construindo um referencial teórico para o conceito de sustentabilidade.

Então, primeiro, você conta como o conceito surgiu e como ele evoluiu ao longo do tempo (histórico); depois, você apresenta o conceito de sustentabilidade sob a ótica de diferentes autores; a seguir, você compara os conteúdos dos autores, mostrando semelhanças, diferenças e complementaridades; e, por último, mostra como a sustentabilidade é hoje um assunto relevante para a sua área de conhecimento.

Roteiros não servem apenas para o capítulo de referencial teórico. Se você quer mesmo saber como fazer um TCC pronto muito mais rápido e de forma muito mais simples, você precisa aplicar a técnica de roteirização a todos os seus capítulos, mas isso é assunto para os nossos próximos passos.

Passo 7. Como fazer um TCC – como fazer o desenvolvimento e o que escrever nos capítulos do TCC

Regra número 1: os capítulos do seu TCC são os seus objetivos específicos!

Oi? Como assim? É isso mesmo. Muitos alunos não conseguem escrever os seus capítulos e, portanto, montar o seu desenvolvimento, porque os orientadores não dizem isso de maneira simples e direta.

Quer saber como fazer um TCC pronto e o que escrever no seu desenvolvimento? Simples. Olhe para os seus objetivos específicos. Cada objetivo específico deve se tornar um capítulo.

Digamos que você esteja desenvolvendo um TCC sobre os impactos das redes sociais no processo de aprendizagem das crianças na educação infantil. Seus objetivos específicos podem ser:

  •  Conceituar redes sociais;
  •  Conceituar processo de aprendizagem;
  •  Discutir o acesso das crianças às redes sociais;
  •  Analisar as redes sociais como instrumentos didáticos para impactar o processo de aprendizagem dos alunos da educação infantil.

Sabe quais seriam os capítulos do seu TCC? Veja aí abaixo como cada objetivo específico se torna um capítulo. Basta tirar o verbo do início dos objetivos.

Objetivo específico – Conceituar redes sociais; Capítulo 1 – Redes Sociais

Objetivo específico – Conceituar o processo de aprendizagem; Capítulo 2 – O Processo de Aprendizagem

Objetivo específico – Discutir o acesso das crianças às redes sociais; Capítulo 3 – O Acesso das Crianças às Redes Sociais

Objetivo específico – Analisar as redes sociais como instrumentos didáticos para impactar o processo de aprendizagem dos alunos da educação infantil; Capítulo 4 – As Redes Sociais como Instrumentos Didáticos para Impactar o Processo de Aprendizagem dos Alunos da Educação Infantil

Notou a semelhança dos capítulos com os objetivos específicos? É isso mesmo. Pare de repetir que você não sabe o que escrever no seu TCC e simplesmente desenvolva conteúdo para cada um dos seus objetivos específicos.

Viu? Não é você que não é capaz de entender como fazer um TCC. O problema é que ninguém te diz o que você realmente precisa ouvir para ficar mais produtivo, acelerar o seu trabalho e deixar o seu TCC pronto mais rápido e fácil

E para desenvolver cada objetivo específico, não se esqueça de montar os roteiros. Roteirizar os capítulos, como eu te mostrei no referencial teórico, é fundamental para desenvolver o texto sem ficar perdido. Roteiros são tão importantes e poderosos, que todos os bons filmes começam por um bom roteiro. E uma outra dica muito importante é: relacione os seus roteiros à pesquisa e leitura do seu referencial teórico.

Quando todos os capítulos estão roteirizados, você já tem na mente e no papel toda a estrutura de conteúdo de que você precisa para deixar o seu TCC pronto. E, para que você não fique procurando (e perdendo tempo) um determinado referencial no meio de todo o conteúdo que você já pesquisou, para fazer uma citação em uma parte específica do seu trabalho, leia as suas referências com os seus roteiros abertos no seu computador, e, toda vez que você se deparar com um conteúdo que pode ser usado em um dos tópicos específicos do seu roteiro, copie e cole esse conteúdo naquele tópico específico em que ele se encaixa.

Usar essa estratégia simples, mas muito impactante, acelera em pelo menos 10x a sua produção textual. Pode acreditar, porque eu já vi ela fazer isso por milhares de alunos do TCC Sem Drama. Isso porque, ao escrever os capítulos, você já tem, no próprio arquivo, dentro de cada tópico específico dos roteiros, todas as referências que você pretende usar nas suas citações, sem desperdício de tempo e de energia.

Imagina a sensação de encontrar sempre, em segundos, aquela citação que vai dar continuidade e consistência à sua argumentação. Isso não tem preço.

E por falar em citação, aí está um elemento também muito importante quando o assunto é aprender como fazer um TCC pronto de maneira mais simples e rápida. E talvez você já tenha ouvido (ou tem muita chance de ainda ouvir) de um orientador “bem amável” coisas do tipo: “quem é você para dizer isso?”; “foi você quem disse isso?”; “você disse isso baseado em quê?”; “você não pensa, não escreve, seus autores é quem fazem isso…”

Quanta gentileza! E quanta bobagem!

Basicamente, o que esses orientadores “tão queridos” querem dizer é que você deve basear o seu conteúdo em ideias de outros autores. Mas isso quer dizer que você não pensa ou não pode escrever nada? Isso quer dizer que o seu conteúdo vai ser um grande copia e cola? NÃO! NÃO! Mil vezes não!

O texto do seu TCC é seu. A estrutura de argumentação, a coesão e a coerência ficam por sua conta. Com base nos seus roteiros, você precisa criar uma estrutura de argumentação e, nessa estrutura, encaixar as suas citações. Como? Vamos lá.

Primeiro, não faça como alguns alunos “espertinhos” que copiam e colam um monte de citações no conteúdo e depois tentam costurar esse Frankenstein. Péssima ideia. O texto fica parecendo uma roupa de festa junina, cheia de retalhos que não combinam.

Monte a sua estrutura de argumentação, faça as suas afirmações e encaixe as citações para dar suporte às suas afirmações e ideias. Esse é o segredo sobre como fazer um TCC pronto e com conteúdo que não vai ser condenado pelo orientador. Além disso, o uso desse método garante um TCC livre de plágio!

Eu já ia me esquecendo… algumas instituições chamam o desenvolvimento do TCC (ou pelo menos um capítulo específico do desenvolvimento, geralmente o capítulo final, onde você responde o seu problema de pesquisa) de Resultados e Discussão. E para você entender melhor o que isso significa, dá uma olhada no vídeo abaixo. Ele é mais antigo, mas ainda 100% válido!

E agora vamos ao penúltimo passo!

Passo 8. Como fazer um TCC – Conclusão do TCC em 3 passos

E chegamos à conclusão ou considerações finais do TCC!

Eu costumo brincar com os alunos do TCC Sem Drama dizendo que a conclusão é a doce arte de encher linguiça. E eu digo isso porque a conclusão é basicamente composta por 3 partes, sendo duas delas repetições de conteúdos que já apareceram ao longo do TCC.

Então, vamos à finalização do seu TCC em 3 partes simples!

  1. Reforçar a importância do conteúdo do seu TCC.

Eu sei… você já fez isso antes, lá na justificativa, que é uma parte da introdução do trabalho, lá no começo, quando você ainda estava apresentando o seu tema e a sua relevância para os leitores do seu conteúdo. E a boa notícia é que você pode se basear na sua introdução e justificativa e elaborar um texto mais sucinto para colocar agora na sua conclusão. É chato? Sim. É repetitivo? Sim. Mas é uma formalidade científica que você vai ter que cumprir.

  1. Apresentar, de forma resumida, os principais resultados da sua pesquisa.

Aqui é importante esclarecer algo. Alguns alunos acreditam que devem apresentar os seus resultados apenas na conclusão. Errado! Os resultados da pesquisa, a resposta do problema de pesquisa e, por consequência, o alcance do objetivo geral, tudo isso deve aparecer até o final do desenvolvimento, ou seja, até o capítulo anterior à conclusão. Na conclusão, você vai fazer um resumo dos resultados mais importantes, que você também vai buscar em uma parte anterior do seu TCC. É chato? Sim. É repetitivo? Sim. Mas é uma formalidade científica que você vai ter que cumprir.

  1. Sugerir novas abordagens de pesquisa para o seu tema.

Finalmente, algo novo! Aqui, você pode sugerir novas linhas de pesquisa para o seu tema. Por exemplo, se você fez uma pesquisa sobre os impactos da coleta seletiva de lixo, você pode propor novas análises relacionadas à implantação da coleta seletiva, seus custos… e por aí vai.

Caramba! Se você chegou até aqui, você já sabe o passo a passo para construir o seu TCC do início até a conclusão. Parabéns pelo seu comprometimento. E como prêmio pela sua dedicação, aí vai o passo 9, para aqueles que precisam apresentar o TCC em uma banca de avaliação, que são a maioria.

Passo 9. Como fazer um TCC – como superar a banca de avaliação na apresentação do TCC

Saber como fazer um TCC pronto de maneira mais simples não significa, necessariamente, que você já sabe como apresentar o seu trabalho na banca, mas já ajuda demais!

E quanto à apresentação, aí vão 5 dicas práticas para você vencer a sua banca.

  1. Faça o seu próprio TCC.

Parece óbvio dizer isso, mas muitos alunos caem na tentação de comprar um TCC pronto. Além de agirem de forma antiética, cometerem crime de falsidade ideológica e poderem ser processados criminalmente, esses alunos tem mais de 80% de chance de reprovação em uma banca avaliativa. Esse dado é estatístico e baseado em pesquisas oficiais.

Qualquer professor (mesmo que ele seja muito limitado), em uma banca de avaliação, consegue identificar um aluno que comprou o TCC. O aluno normalmente confessa o seu crime através do seu nervosismo, da sua falta de conhecimento do assunto, e da maneira com que ele responde às perguntas. O aluno simplesmente se enrola todo, dá voltas e nada de responder corretamente. Portanto, cuidado, não caia na armadilha de comprar um TCC pronto, isso pode arruinar o sonho da sua formatura. Faça o seu próprio TCC e, assim, você dará o primeiro passo para apresentar o seu TCC com segurança!

Você aprendeu, aqui neste artigo, os passos para construir o seu conteúdo. Aplique as técnicas. Converse comigo nos comentários. Conheça o TCC Sem Drama. Até porque, se você optar pela compra do TCC, você vai pagar caro por um produto que, normalmente, tem péssima qualidade. E eu posso falar isso de cadeira, porque eu vejo, todo semestre, vários trabalhos medíocres, pelos quais os alunos pagaram pequenas fortunas. Que tolice!

  1. Cuidado com os slides de apresentação.

Não sobrecarregue seus slides com textos longos. Slides devem ter tópicos, que serão referências para a sua explicação, e não um objeto de leitura. Se fosse para você ler os slides, não precisaria haver apresentação. Os professores da banca poderiam ler os conteúdos eles mesmos.

Slides não podem ser muletas, mas devem ser guias para a sua apresentação, com textos claros, objetivos e concisos. Ninguém quer te ver lendo slides. Os professores querem ouvir sua explicação sobre o conteúdo que você construiu. E, se você mesmo construiu o seu trabalho, eu preciso te dizer algo muito importante: ninguém (nem mesmo os professores da banca) conhece mais o seu TCC do que você mesmo!

Se você escreveu o seu trabalho, você domina o assunto e sabe exatamente o que deve dizer aos professores para que eles entendam a sua pesquisa.

  1. Foco no que realmente importa.

Toda a parte de exposição do tema, justificativa, problema de pesquisa e objetivos deve ser apresentada de maneira rápida. Afinal, você deve se concentrar no conteúdo do desenvolvimento do seu TCC, ou seja, nos resultados da sua pesquisa.

  1. Use as suas referências a seu favor.

O TCC é um trabalho científico, baseado em referências, ou seja, em conteúdos de outros autores (mesmo quando há pesquisa de campo), então, coloque os seus autores referenciais em evidência. Deixe que eles recebam os méritos e também os ônus dos conceitos abordados e discutidos no seu TCC. É melhor o professor da banca discordar de um autor do que discordar de você. Portanto, na hora da apresentação, abuse de expressões como “segundo o fulano”; “de acordo com o cicrano”; “beltrano diz…”.

  1. O seu TCC não é o seu bebezinho.

Eu sei que foi você quem montou o seu TCC e você vai acabar nutrindo por ele um carinho especial (pode acreditar). Mas se o seu trabalho receber críticas da banca, nada de querer defender o seu conteúdo de maneira veemente. Não leve para o lado pessoal. Não fique se justificando caso surjam críticas, principalmente antes do professor concluir o seu raciocínio. Apresente o seu TCC de maneira imparcial, neutra. Não se justifique sem necessidade. Não interrompa um professor. Venda a sua ideia, mas não precisa morrer por ela.

Recado final… mas não menos importante

Eu realmente espero que as informações deste artigo tenham sido úteis para você. E, principalmente, eu espero que você aplique (ou pelo menos tente aplicar) as técnicas que você viu aqui, porque elas podem fazer uma grande diferença na sua jornada com o seu TCC.

Eu te mostrei aqui exatamente o mesmo passo a passo que os alunos que eu oriento diretamente no TCC Sem Drama usam. E, como eu já disse, esse roteiro já garantiu, até o momento em que eu escrevo este artigo, mais de 40 mil aprovações, com alunos que montaram seus trabalhos em uma média de27 dias e tiraram notas médias superiores a 9 pontos em um total de 10.

É claro que esses alunos tiveram acesso a muitos outros conteúdos (alguns exclusivos), videoaulas, materiais de apoio, modelos de trabalhos comentados, e, principalmente, a minha orientação e mentoria online e o suporte da minha equipe, para percorrer os passos que você viu aqui. Mas, se você ainda não é meu aluno, e quer tirar alguma dúvida ou trocar uma ideia comigo, deixa aí embaixo o seu comentário. É só descer a barra de rolagem e manda ver!

E se você quiser trabalhar junto comigo na produção do seu TCC, do início ao fim, dá uma olhada agora no TCC Sem Drama. Eu te vejo aqui do Lado dos Aprovados.

Prof. Amilton Quintela

Deixe um comentário